Questões: Barroco

7 Questions | Total Attempts: 3786

SettingsSettingsSettings
Please wait...
Questes: Barroco

Aqui você pode treinar tudo o que aprendeu sobre Barroco, treinando seus conhecimentos para ficar craque no assunto!


Questions and Answers
  • 1. 
    (UNIV. CAXIAS DO SUL) Escolha a alternativa que completa de forma correta a frase abaixo: A linguagem ______, o paradoxo, ________ e o registro das impressões sensoriais são recursos lingüísticos presentes na poesia ________. 
    • A. 

      Simples; a antítese; parnasiana.

    • B. 

      Rebuscada; a antítese; barroca.

    • C. 

      Objetiva; a metáfora; simbolista.

    • D. 

      Subjetiva; o verso livre; romântica.

    • E. 

      Detalhada; o subjetivismo; simbolista.

  • 2. 
    Com referência ao Barroco, todas as alternativas são corretas, exceto: 
    • A. 

      O Barroco estabelece contradições entre espírito e carne, alma e corpo, morte e vida.

    • B. 

      O homem centra suas preocupações em seu próprio ser, tendo em mira seu aprimoramento, com base na cultura greco-latina.

    • C. 

      O Barroco apresenta, como característica marcante, o espírito de tensão, conflito entre tendências opostas: de um lado, o teocentrismo medieval e, de outro, o antropocentrismo renascentista.

    • D. 

      A arte barroca é vinculada à Contra-Reforma.

    • E. 

      O barroco caracteriza-se pela sintaxe obscura, uso de hipérbole e de metáforas.

  • 3. 
    (VUNESP)       Ardor em firme coração nascido;      pranto por belos olhos derramado;      incêndio em mares de água disfarçado;      rio de neve em fogo convertido:      tu, que em um peito abrasas escondido;      tu, que em um rosto corres desatado;      quando fogo, em cristais aprisionado;      quando crista, em chamas derretido.      Se és fogo, como passas brandamente,      se és fogo, como queimas com porfia?      Mas ai, que andou Amor em ti prudente!      Pois para temperar a tirania,      como quis que aqui fosse a neve ardente,      permitiu parecesse a chama fria. O texto pertencente a Gregório de Matos e apresenta todas seguintes características: 
    • A. 

      Trocadilhos, predomínio de metonímias e de símiles, a dualidade temática da sensualidade e do refreamento, antíteses claras dispostas em ordem direta.

    • B. 

      Sintaxe segundo a ordem lógica do Classicismo, a qual o autor buscava imitar, predomínio das metáforas e das antíteses, temática da fugacidade do tempo e da vida.

    • C. 

      Dualidade temática da sensualidade e do refreamento, construção sintática por simétrica por simetrias sucessivas, predomínio figurativo das metáforas e pares antitéticos que tendem para o paradoxo.

    • D. 

      Temática naturalista, assimetria total de construção, ordem direta predominando sobre a ordem inversa, imagens que prenunciam o Romantismo.

    • E. 

      Verificação clássica, temática neoclássica, sintaxe preciosista evidente no uso das síntese, dos anacolutos e das alegorias, construção assimétrica.

  • 4. 
    A uma crueldade formosaA minha bela ingrataCabelo de ouro tem, fronte de prata,De bronze o coração, de aço o peito;São os olhos reluzentesPor quem choro e suspiro,Desfeito em cinza, em lágrimas desfeito;Celestial safira,Os beiços são rubins, perlas os dentes;A lustrosa gargantaDe mármore polido;A mão de jaspe, de alabastro a planta.Que muito, pois, Cupido,Que tenha tal rigor tanta lindeza,As feições milagrosas,- Para igualar desdéns a formosuras -De preciosos metais, pedras preciosas,E de duros metais, de pedras duras?Jerônimo BaíaAo ler o poema, é possível inclui-lo em que tendência barroca?
    • A. 

      Cultismo e conceptismo

    • B. 

      Conceptismo

    • C. 

      Cultismo

    • D. 

      Em nenhuma das tendências.

  • 5. 
    No Brasil, o Barroco foi introduzido com o poeta:
    • A. 

      Gregório de Matos

    • B. 

      Jerônimo Baía

    • C. 

      Bento Teixeira

    • D. 

      Bento Gonçalves

    • E. 

      Camões

  • 6. 
    (Fatec - SP) No colégio dos padres, Gregório de Matos escreveu: "Quando desembarcaste da fragata, meu dom Braço de Prata, cuidei, que a esta cidade tonta, e fátua*, mandava a Inquisição alguma estátua, vendo tão espremida salvajola* visão de palha sobre um mariola*".Sorriu, e entregou o escrito a Gonçalo Ravasco. Gonçalo leu-o, gracejou, entregou-o ao vereador.O papel passou de mão em mão."A difamação é o teu deus", disseram, sorrindo.(Ana Miranda, Boca do Inferno)(*fátua: tola;*salvajola: variante de "selvagem"; *mariola: velhaco)O trecho ilustra:
    • A. 

      A poesia erótica de Gregório de Matos, inspirada na vida nos prostíbulos da cidade da Bahia e que deu origem à alcunha do poeta, "Boca do Inferno".

    • B. 

      A poesia lírica de Gregório de Matos, voltada para a temática filosófica, em linguagem marcada pelos recursos da estética barroca.

    • C. 

      A poesia satírica de Gregório de Matos, dedicada à descrição fiel da sociedade da época, utilizando recursos expressivos característicos do barroco português.

    • D. 

      A poesia erótica de Gregório de Matos, caracterizada pela crítica aos comportamentos e às autoridades baianas da época colonial.

    • E. 

      A poesia satírica de Gregório de Matos, que representa, no conjunto de sua obra, uma fuga aos moldes barrocos e ataca, no linguajar baiano da época, costumes e personalidades.

  • 7. 
    (UEL) Identifique a afirmação que se refere a Gregório de Matos: 
    • A. 

      No seu esforço da criação a comédia brasileira, realiza um trabalho de crítica que encontra seguidores no Romantismo e mesmo no restante do século XIX.

    • B. 

      Sua obra é uma síntese singular entre o passado e o presente: ainda tem os torneios verbais do Quinhentismo português, mas combina-os com a paixão das imagens pré-românticas.

    • C. 

      Dos poetas arcádicos eminentes, foi sem dúvida o mais liberal, o que mais claramente manifestou as idéias da ilustração francesa.

    • D. 

      Teve grande capacidade em fixar num lampejo os vícios, os ridículos, os desmandos do poder local, valendo-se para isso do engenho artificioso que caracteriza o estilo da época.

    • E. 

      Sua famosa sátira à autoridade portuguesa na Minas do chamado ciclo do ouro é prova de que seus talento não se restringia ao lirismo amoroso.

Back to Top Back to top