Projeto Praticando Um Pouco Mais – 8º Ano – 6º Etapa

Approved & Edited by ProProfs Editorial Team
The editorial team at ProProfs Quizzes consists of a select group of subject experts, trivia writers, and quiz masters who have authored over 10,000 quizzes taken by more than 100 million users. This team includes our in-house seasoned quiz moderators and subject matter experts. Our editorial experts, spread across the world, are rigorously trained using our comprehensive guidelines to ensure that you receive the highest quality quizzes.
Learn about Our Editorial Process
| By Coleguium_portug
C
Coleguium_portug
Community Contributor
Quizzes Created: 2 | Total Attempts: 1,223
Questions: 10 | Attempts: 484

SettingsSettingsSettings
Projeto Praticando Um Pouco Mais  8� Ano  6� Etapa - Quiz

 Você vai ler um fragmento da peça teatral "A moratória", de Jorge Andrade. A peça retrata uma família de fazendeiros e tem como tema a decadência da aristocracia rural brasileira ocorrida no final dos anos 1920, impulsionada por dois violentos choques: a crise do café e a Revolução de 30. Veja o diálogo que se desenvolve entre pai e filha a partir daí. Joaquim: Não se afobe, minha filha.Lucília: E que faço do meu serviço?Joaquim: Que importância tem? Você é obrigada a costurar. Até prefiro que...Lucília: (Corta) Ora, papai! (Pausa. Lucília olha para Joaquim e disfarça) Tia Elvira vem experimentando o vestido e ainda tenho que acabar o da Malfada.Joaquim: Por que é que sua tia precisa de tantos vestidos?Lucília: Ela vai a uma festa amanhã.Joaquim: (Joaquim sai levando a xícara) É um despropósito fazer um vestido para cada festa.Lucília: Assim gasta um pouco do dinheiro que tem.Joaquim: (Voz) Não é a festa do Coronel Bernardino? Joaquim: (Voz) Você não vai?Lucília: Não.Joaquim: (Voz) Por que não? Recebemos convite.Lucília: Não quero.Joaquim: (Pausa. Reaparecendo) Não sei por que, depois que viemos para cidade, você se afastou de tudo e de todos.Lucília: Convidaram por amabilidade, apenas.Joaquim: Convidaram porque você é minha filha. É uma obrigação.Lucília: Conheço essa gente.Joaquim: Você precisa se divertir também.Lucília: Preciso, mas não posso.  Joaquim: Há de chegar o dia em que vai poder ir a todas as festas novamente. E de cabeça erguida.Lucília: Ainda estou de cabeça erguida. Posso perfeitamente recusar um convite. (Pausa. Os dois se entreolham ligeiramente) Não vou porque fico cansada.Joaquim: Eu sei. Eu sinto o que é. (Pausa) De cabeça erguida! Prometo isso a você.Lucília: Não faço questão nenhuma.Joaquim: Eu faço.Lucília: Está bem. Não se toca mais neste assunto. Joaquim: Com a nulidade do processo, vou recuperar a fazenda. Darei a você tudo que desejar.Lucília: Não vamos falar nisto.Joaquim: Por que não? Eu quero falar.Lucília: É bom esperar primeiro a decisão do Tribunal.Joaquim: (Impaciente) O mal de vocês é não ter esperança. Essa é que é a verdade.Lucília: E o mal do senhor é ter demais.Joaquim: Esperança nunca é demais.Lucília: Não gosto de me iludir. E depois, se recuperarmos a fazenda, vamos ter que trabalhar muito para pagá-la.Joaquim: Pois, trabalha-se.Lucila: Só depois disto, poderemos pensar em recompensa... e outras coisas. Até lá preciso costurar e com calma.Joaquim: É exatamente o que não suporto.Lucília: O quê?Joaquim: Ver você costurando para esta gente. Gente que não merecia nem limpar nossos sapatos!Lucília: Não reparo neles. Não sei que são, nem me interessa. Trabalho apenas. (Por um momento fica retesada) Por enquanto não há outro caminho.Joaquim: Gentinha! Só tem dinheiro...Lucília: (Seca) É o que não temos mais.  (Pausa. Joaquim fica sem saber o que fazer. Atrapalha-se quando tenta arrumar os figurinos que estão em cima da mesa).Lucília: (Impaciente) Papai! Não misture meus figurinos.Joaquim: Queria arrumar.Lucília: Não é preciso. [...] Veio o café?Joaquim: Não.Lucília: Tia Elvira prometeu mandar hoje.Joaquim: Prometeu, mas não mandou.Lucília: O senhor olhou direito na jardineira?Joaquim: Naturalmente que olhei. Só veio latãozinho de leite.Lucília: Com certeza a tia Elvira começa a achar que nos ajuda demais. Um latãozinho de leite por dia!Joaquim: (Abaixa ligeiramente a cabeça) Deve ter esquecido.Lucília: Ela não se cansa de falar na ajuda que nos dá e nas dificuldades que todo mundo está atravessando. [...] Ou acho melhor trazer pessoalmente, para não esquecermos que devemos favor a eles. Aposto como vai contar a luta que teve para conseguir um pouco de café!Joaquim: (Olha para Lucília durante um instante, contrai o rosto e abaixa a cabeça)Lucília: A verdade é que ela deve ter a consciência bem pesada.Joaquim: Por quê?Lucília: O senhor não se lembra mais?Joaquim: (Levanta-se) Não preciso deles para recuperar o que é meu.Lucília: Um dia hei de dizer tudo isto a ela.Joaquim: (Saindo para a cozinha) As colheitas andam más. (Só a voz de Joaquim) Não há mais café como antigamente.Lucília: Não se esqueça de que a fazenda deles tem setecentos mil pés de café.Joaquim: (Voz) Que adianta? Não chove!Lucília: Enfim, é sempre a mesma coisa: chuva, chuva! (toca a máquina) Quando morávamos na fazenda, a ladainha era a mesma. (Pausa) O que sei é que preciso trabalhar se quisermos viver, pelo menos decentemente.  Com base no texto, responda:


Questions and Answers
  • 1. 

    Nos texto teatrais, o desenvolvimento dos fatos e o conhecimento sobre os personagens se dão por meio dos diálogos.Compare as falas a seguir e associe-as às duas personagens do texto lido. LUCÍLIA: Ainda estou de cabeça erguida. Posso perfeitamente recusar um convite. Não vou porque fico cansada.JOAQUIM: Ver você costurando para esta gente. Gente que não merecia nem limpar nossos sapatos. Considerando que a família já foi rica, como pai e filha vivem nessa situação?

    • A.

      Tentam fugir da triste realidade em que vivem no momento.

    • B.

      Conservam o orgulho aristocrático.

    • C.

      Adaptaram-se sem problemas à nova vida da cidade.

    • D.

      Trabalham muito para comprar café.

    Correct Answer
    B. Conservam o orgulho aristocrático.
    Explanation
    Based on the dialogue, it can be inferred that Lucília and Joaquim still maintain their aristocratic pride despite their current situation. Lucília's statement about refusing an invitation because she gets tired implies that she still values her own comfort and is unwilling to associate with people she considers beneath her. Joaquim's comment about seeing Lucília sewing for people who don't even deserve to clean their shoes suggests that he also holds a sense of superiority and disdain towards others. Therefore, the correct answer is that they both maintain their aristocratic pride.

    Rate this question:

  • 2. 

    Observa-se nessa cena que pai e filha têm posições diferentes quanto à nova situação que vivem. Sendo assim, podemos afirmar que:

    • A.

      Lucília defende a tia Elvira e justifica o fato de ela não ter mandado café.

    • B.

      O pai deixa pressuposto que a tia Elvira tem uma grande fazenda e produz muito café, por isso não deveria tê-lo deixado de enviar.

    • C.

      Lucília nega o argumento do pai de que a falta de chuva prejudica a produção de café e, por isso, não foi entregue pela tia Elvira.

    • D.

      O pai, com esperança de recuperar seu dinheiro, sugere que a filha vá à festa arrumar um marido rico.

    Correct Answer
    C. Lucília nega o argumento do pai de que a falta de chuva prejudica a produção de café e, por isso, não foi entregue pela tia Elvira.
    Explanation
    The correct answer states that Lucília denies her father's argument that the lack of rain affected the coffee production and that's why it wasn't delivered by Aunt Elvira. This suggests that Lucília disagrees with her father's reasoning and believes that there must be another explanation for the coffee not being sent.

    Rate this question:

  • 3. 

    O texto teatral apresenta alguns trechos em letras de tipo diferente ou entre parênteses: Veja: (Pausa. Joaquim fica sem saber o que fazer. Atrapalha-se quando tenta arrumar os figurinos que estão em cima da mesa).LUCÍLIA: (Impaciente) Papai! Não misture meus figurinos. Esses trechos, chamados rubricas, têm uma função especial. Assinale a alternativa que melhor define essa função:

    • A.

      Orienta os atores como o texto teatral deve ser decorado.

    • B.

      Servem para indicar como o ator deve executar um movimento, um gesto e uma fala.

    • C.

      Não exercem função de importância para o desempenho dos atores.

    • D.

      Não é muito usual nas peças teatrais.

    Correct Answer
    C. Não exercem função de importância para o desempenho dos atores.
    Explanation
    Rubricas são trechos do texto teatral escritos em letras diferentes ou entre parênteses. Elas não exercem uma função de importância para o desempenho dos atores, ou seja, não indicam como o ator deve executar um movimento, um gesto ou uma fala. As rubricas não orientam os atores na memorização do texto teatral e também não são muito usuais nas peças teatrais.

    Rate this question:

  • 4. 

    Qual trecho abaixo apresenta uma rubrica?

    • A.

      Lucília: Ela não se cansa de falar na ajuda que nos dá e nas dificuldades que todo mundo está atravessando.”

    • B.

      “Lucília: A verdade é que ela deve ter a consciência bem pesada.”

    • C.

      “Joaquim: Gentinha! Só tem dinheiro...”

    • D.

      “Joaquim: (Levanta-se) Não preciso deles para recuperar o que é meu.”

    Correct Answer
    C. “Joaquim: Gentinha! Só tem dinheiro...”
    Explanation
    The given answer "Joaquim: Gentinha! Só tem dinheiro..." is the correct answer because it is the only option that presents a rubrica. A rubrica is a stage direction or a note indicating how a line should be delivered or performed. In this case, "Joaquim: Gentinha!" is a line of dialogue followed by an exclamation point, indicating that it should be delivered with a certain tone or emphasis. The other options do not include any stage directions or notes.

    Rate this question:

  • 5. 

    Sabendo que Luís de Camões foi um grande poeta ocidental, leia o trecho da música Língua de Caetano Veloso e assinale a alternativa que corresponde à figura de linguagem usada a essa referência a Luís de Camões. “Gosto de sentir a minha língua roçar a língua de Luís de CamõesGosto de ser e de estarE quero me dedicar a criar confusões de prosódiaE uma profusão de paródias...” 

    • A.

      Personificação

    • B.

      Aliteração

    • C.

      Intertextualidade

    • D.

      Antítese.

    Correct Answer
    B. Aliteração
    Explanation
    The correct answer is "Aliteração". The given excerpt from the song "Língua" by Caetano Veloso uses the repetition of the sound /l/ in the words "língua", "Luís", "linguagem", "Luís", and "linguagem". This repetition of the same consonant sound is known as alliteration, which is a figure of speech used to create a musical or rhythmic effect in writing or speech.

    Rate this question:

  • 6. 

    . A repetição de sons consonantais, como se percebe no fragmento abaixo, é conhecido como:"(...) Vozes veladas, veludosas vozes, / Volúpias dos violões, vozes veladas / Vagam nos velhos vórtices velozes / Dos ventos, vivas, vãs, vulcanizadas."(fragmento de Violões que choram. Cruz e Souza)

    • A.

      Aliteração

    • B.

      Metonímia

    • C.

      Metáfora

    • D.

      Hipérbole

    Correct Answer
    A. Aliteração
    Explanation
    The correct answer is "Aliteração". Aliteração refers to the repetition of consonant sounds in close proximity, as can be observed in the given fragment. The repeated "v" sound in words like "vozes", "veladas", "veludosas", and "vulcanizadas" creates a musical and rhythmic effect in the text. This literary device is commonly used to enhance the auditory experience of a poem or piece of writing.

    Rate this question:

  • 7. 

    No trecho: "O pavão é um arco-íris de plumas", enquanto procedimento estilístico, temos uma:

    • A.

      Metáfora

    • B.

      Comparação

    • C.

      Metonímia

    • D.

      Hipérbole

    Correct Answer
    A. Metáfora
    Explanation
    The statement "O pavão é um arco-íris de plumas" is a metaphor because it compares the peacock to a rainbow of feathers. A metaphor is a figure of speech that makes a comparison between two unrelated things, highlighting the similarities between them. In this case, the peacock's feathers are being compared to the colors of a rainbow, emphasizing their vibrant and colorful nature.

    Rate this question:

  • 8. 

    Em qual das opções há erro de identificação das figuras?

    • A.

      "Um dia hei de ir embora / Adormecer no derradeiro sono." (eufemismo)

    • B.

      "A neblina, roçando o chão, cicia, em prece.” (personificação)

    • C.

      “Por você eu dançaria tango no teto.” (hipérbole)

    • D.

      Li Cecília Meirelles. (metáfora)

    Correct Answer
    D. Li Cecília Meirelles. (metáfora)
  • 9. 

     Na expressão: “Todos estão morrendo de sede”, a figura de pensamento presente é:

    • A.

      Metáfora

    • B.

      Hipérbole

    • C.

      Pleonasmo

    • D.

      Personificação

    Correct Answer
    B. Hipérbole
    Explanation
    The correct answer is hyperbole. Hyperbole is a figure of speech that involves exaggeration for emphasis or dramatic effect. In the given expression, "Todos estão morrendo de sede" (Everyone is dying of thirst), the speaker is using exaggerated language to emphasize the extreme level of thirst experienced by everyone.

    Rate this question:

  • 10. 

    Assinale a alternativa em que o aposto NÃO se refere ao sujeito.

    • A.

      Fernanda, minha filha, tem cabelos loiros e compridos.

    • B.

      Fernanda Montenegro, grande atriz brasileira, está na próxima novela da Globo.

    • C.

      Rio de Janeiro, cidade maravilhosa, recebe milhões de turistas de todo o mundo.

    • D.

      Conheci a Amazônia, maior reserva florestal do mundo.

    Correct Answer
    D. Conheci a Amazônia, maior reserva florestal do mundo.

Quiz Review Timeline +

Our quizzes are rigorously reviewed, monitored and continuously updated by our expert board to maintain accuracy, relevance, and timeliness.

  • Current Version
  • Mar 20, 2023
    Quiz Edited by
    ProProfs Editorial Team
  • Nov 25, 2014
    Quiz Created by
    Coleguium_portug
Back to Top Back to top
Advertisement
×

Wait!
Here's an interesting quiz for you.

We have other quizzes matching your interest.