Simulado Da 3ª Série - Lingua Portuguesa - Fase I

Approved & Edited by ProProfs Editorial Team
The editorial team at ProProfs Quizzes consists of a select group of subject experts, trivia writers, and quiz masters who have authored over 10,000 quizzes taken by more than 100 million users. This team includes our in-house seasoned quiz moderators and subject matter experts. Our editorial experts, spread across the world, are rigorously trained using our comprehensive guidelines to ensure that you receive the highest quality quizzes.
Learn about Our Editorial Process
| By Ricardoleite
R
Ricardoleite
Community Contributor
Quizzes Created: 1 | Total Attempts: 363
Questions: 10 | Attempts: 363

SettingsSettingsSettings
Simulado Da 3� S�rie - Lingua Portuguesa - Fase I - Quiz

Simulado da 3ª série - Lingue Portuguesa - Professora Ana Lucia Amantea


Questions and Answers
  • 1. 

    TEXTO PARA A QUESTÃO 1             "Vivemos mais uma grave crise, repetitiva dentro do ciclo de graves crises que ocupa a energia desta nação. A frustração cresce e a desesperança não cede. Empresários empurrados à condição de liderança oficial se reúnem em eventos como este, para lamentar o estado de coisas. O que dizer sem resvalar para o pessimismo, a crítica pungente ou a auto-absolvição?             É da história do mundo que as elites nunca introduziram mudanças que favorecessem a sociedade como um todo. Estaríamos nos enganando se achássemos que estas lideranças empresariais aqui reunidas teriam a motivação para fazer a distribuição de poderes e rendas que uma nação equilibrada precisa ter. Aliás, é ingenuidade imaginar que a vontade de distribuir renda passe pelo empobrecimento da elite. É também ocioso pensar que nós, da tal elite, temos riqueza suficiente para distribuir. Faço sempre, para meu desânimo, a soma do faturamento das nossas mil maiores e melhores empresas, e chego a um número menor do que o faturamento de apenas duas empresas japonesas. Digamos, a Mitsubishi e mais um pouquinho. Sejamos francos. Em termos mundiais somos irrelevantes como potência econômica, mas ao mesmo tempo extremamente representativos como população. " 1. Dentre os períodos transcritos do texto, um é composto por coordenação e contém uma oração coordenada sindética adversativa. Assinalar a alternativa correspondente a este período.

    • A.

      A frustração cresce e a desesperança não cede

    • B.

      O que dizer sem resvalar para o pessimismo, a crítica pungente ou a auto-absolvição?

    • C.

      É também ocioso pensar que nós, da tal elite, temos riqueza suficiente para distribuir.

    • D.

      Sejamos francos.

    • E.

      Em termos mundiais somos irrelevantes como potência econômica, mas ao mesmo tempo extremamente representativos como população.

    Correct Answer
    E. Em termos mundiais somos irrelevantes como potência econômica, mas ao mesmo tempo extremamente representativos como população.
    Explanation
    The correct answer is "Em termos mundiais somos irrelevantes como potência econômica, mas ao mesmo tempo extremamente representativos como população." This sentence contains a coordinating conjunction ("mas") and presents a contrast between being irrelevant as an economic power and being highly representative as a population.

    Rate this question:

  • 2. 

    A seguinte oração em maiúsculo, "é provável QUE O RESTO POSSA SER DESENVOLVIDO", tem a mesma classificação da oração entre aspas, apresentada em uma das seguintes alternativas:

    • A.

      Augusto acha "que vale muito" porque é rico.

    • B.

      O seu estranho modo de agir era sinal de "que alguma coisa estava errada".

    • C.

      Está decidido "que vai haver eleições neste ano".

    • D.

      Infeliz é o homem "que não age honestamente".

    • E.

      O fato foi "que o preço dos alimentos aumentou absurdamente".

    Correct Answer
    C. Está decidido "que vai haver eleições neste ano".
    Explanation
    The correct answer is "Está decidido 'que vai haver eleições neste ano'". This is because both the given sentence and the correct answer sentence have a subordinate clause introduced by the conjunction "que". In both cases, the subordinate clause expresses a certain fact or decision. The other options either have a different structure or do not express a similar meaning to the given sentence.

    Rate this question:

  • 3. 

    . O trabalho é bom para o homem _______ distrai-o da própria vida _______ desvia-o da visão assustadora de si mesmo; _______, impede-o de olhar esse outro que é ele e que lhe torna a solidão horrível. Assinale a alternativa em que o emprego de elementos de ligação sintática e de sentido nas lacunas mostra-se, pela ordem, adequado ao contexto

    • A.

      Porque ... portanto ... no entanto

    • B.

      Pois ... e ... assim

    • C.

      Portanto ... desde que ... todavia

    • D.

      Por que ... também ... por isso

    • E.

      Visto que ... entretanto ... logo

    Correct Answer
    B. Pois ... e ... assim
    Explanation
    The correct answer is "pois ... e ... assim" because the use of the conjunction "pois" indicates a cause-effect relationship between the first and second clauses. The conjunction "e" is used to connect the second and third clauses, suggesting an addition or continuation of ideas. The adverb "assim" is used to indicate the result or consequence of the previous clauses.

    Rate this question:

  • 4. 

    . "A lua, que lhe foi mãe carinhosa, Que a viu nascer e amar, há de envolvê-la Entre lírios e pétalas de rosa."  Oração principal do período:

    • A.

      A lua lhe foi mãe carinhosa

    • B.

      A lua a viu nascer

    • C.

      A lua a viu amar

    • D.

      A lua há de envolvê-la entre lírios e pétalas de rosa

    • E.

      A lua lhe foi mãe carinhosa e a viu nascer

    Correct Answer
    D. A lua há de envolvê-la entre lírios e pétalas de rosa
    Explanation
    The correct answer is "A lua há de envolvê-la entre lírios e pétalas de rosa." This is the main clause of the sentence and expresses the idea that the moon will surround her with lilies and rose petals.

    Rate this question:

  • 5. 

    De repente do riso fez-se o pranto Silencioso e branco como a bruma E das bocas unidas fez-se a espuma E das mãos espalmadas fez-se o espanto. De repente da calma fez-se o vento Que dos olhos desfez a última chama E da paixão fez-se o pressentimento E do momento imóvel fez-se o drama. De repente, não mais que de repente Fez-se de triste o que se fez amante E de sozinho o que se fez contente Fez-se do amigo próximo o distante Fez-se da vida uma aventura errante De repente, não mais que de repente.                                                (Vinícius de Morais)  "Que dos olhos desfez a última chama" Oração subordinada:

    • A.

      Substantiva subjetiva

    • B.

      Substantiva objetiva direta

    • C.

      Substantiva objetiva indireta

    • D.

      Substantiva completiva nominal

    • E.

      adjetiva

    Correct Answer
    E. adjetiva
    Explanation
    The given line "Que dos olhos desfez a última chama" functions as an adjective clause. It provides additional information about the noun "vento" (wind) in the previous line. The clause describes how the wind extinguished the last flame from the eyes, indicating a loss of passion or intensity. Therefore, it acts as an adjective modifying the noun "vento" and adds descriptive details to the sentence.

    Rate this question:

  • 6. 

    A opção INCORRETA sobre as orações do período "EU NÃO CONHEÇO O ASSUNTO MAS ARRISCARIA O PALPITE DE QUE NENHUM PAÍS DO MUNDO CONTÉM MAIS ÁGUA DOCE DO QUE O BRASIL" assinala a existência de:

    • A.

      Quatro orações

    • B.

      Três orações.

    • C.

      Uma oração coordenada sindética.

    • D.

      Uma oração completiva nominal.

    • E.

      Uma oração subordinada adverbial.

    Correct Answer
    B. Três orações.
    Explanation
    The correct answer is "três orações" because the sentence "EU NÃO CONHEÇO O ASSUNTO MAS ARRISCARIA O PALPITE DE QUE NENHUM PAÍS DO MUNDO CONTÉM MAIS ÁGUA DOCE DO QUE O BRASIL" contains three independent clauses or main clauses. Each clause has its own subject and verb and can stand alone as a complete sentence.

    Rate this question:

  • 7. 

    Assinalar a alternativa que apresenta orações de mesma classificação que as deste período: "Não se descobriu o erro, e Fabiano perdeu os estribos".

    • A.

      Pouco a pouco o ferro do proprietário queimava os bichos de Fabiano.

    • B.

      Foi até a esquina, parou, tomou fôlego.

    • C.

      Depois que aconteceu aquela miséria, temia passar ali.

    • D.

      Tomavam-lhe o gado quase de graça e ainda inventavam juro.

    • E.

      Não podia dizer em voz alta que aquilo era um furto, mas era.

    Correct Answer
    D. Tomavam-lhe o gado quase de graça e ainda inventavam juro.
    Explanation
    The correct answer is "Tomavam-lhe o gado quase de graça e ainda inventavam juro." This sentence is similar to the given sentence in terms of having two independent clauses connected by the coordinating conjunction "e" (and). Both sentences express a negative outcome or situation, with the first clause stating an action or event and the second clause expressing the reaction or consequence of that action or event. Both sentences also have a similar structure, with the subject followed by the verb and the direct object.

    Rate this question:

  • 8. 

    . "Palmeiras perde jogo e cabeça na Argentina"                         ("O Estado de S. Paulo", 31/03/94) A alternativa em que o efeito expressivo decorre do mesmo expediente sintático e semântico observado acima é:

    • A.

      Foste aí pela estrada da vida, manquejando da perna e do amor.

    • B.

      Maria Luísa disse que era nervosa e mulher.

    • C.

      (...) como quem se retira tarde do espetáculo. Tarde e aborrecido.

    • D.

      )"O rato! o rato!" exclamou a moça sufocada e afastando-se.

    • E.

      Peço-lhe desculpar-me e que não mencione mais esse fato.

    Correct Answer
    A. Foste aí pela estrada da vida, manquejando da perna e do amor.
    Explanation
    The correct answer is "Foste aí pela estrada da vida, manquejando da perna e do amor." This sentence uses the same syntactic and semantic device as the given example. Both sentences use the structure of verb + adverbial phrase + prepositional phrase, where the adverbial phrase adds emphasis or expressive effect to the verb. In this case, "manquejando da perna e do amor" adds emphasis to the action of "foste aí pela estrada da vida", creating a similar expressive effect as seen in the original sentence.

    Rate this question:

  • 9. 

    "Tão barato que não conseguimos nem contratar uma holandesa de olhos azuis para este anúncio." No texto, a orientação semântica introduzida pelo termo NEM estabelece uma relação de:

    • A.

      Exclusão.

    • B.

      Negação.

    • C.

      Adição

    • D.

      Intensidade.

    • E.

      Alternância.

    Correct Answer
    D. Intensidade.
    Explanation
    The term "nem" in the sentence introduces a comparison that emphasizes the low cost of the advertisement. It suggests that the cost is so cheap that they cannot even afford to hire a Dutch woman with blue eyes, which implies a high level of intensity in terms of affordability. Therefore, the correct answer is intensidade (intensity).

    Rate this question:

  • 10. 

    Não é dado ao ser humano CONHECER TODA A EXTENSÃO DA SUA IGNORÂNCIA, o que, em tese, lhe poupa o perigo do desânimo. A oração destacada no período anterior classifica-se como

    • A.

      Subordinada substantiva predicativa

    • B.

      Subordinada substantiva objetiva indireta.

    • C.

      Subordinada substantiva subjetiva.

    • D.

      Subordinada substantiva objetiva direta

    • E.

      Subordinada substantiva completiva nominal.

    Correct Answer
    C. Subordinada substantiva subjetiva.
    Explanation
    The highlighted clause "conhecer toda a extensão da sua ignorância" functions as the subject of the sentence, indicating that the speaker is unable to know the full extent of their ignorance. This type of clause is known as a subordinada substantiva subjetiva, as it introduces the subject of the main clause.

    Rate this question:

Back to Top Back to top
Advertisement
×

Wait!
Here's an interesting quiz for you.

We have other quizzes matching your interest.