221

8 Questions | Total Attempts: 346

SettingsSettingsSettings
Please wait...
221

.


Questions and Answers
  • 1. 
    Esta cova em que estáscom palmos medidaé a conta menor que tiraste em vidaÉ de bom tamanhonem largo nem fundoé a parte que te cabedeste latifúndioNão é cova grandeé cova medidaé a terra que querias ver dividida Esta cova em que estáscom palmos medidaé a conta menor que tiraste em vidaÉ de bom tamanhonem largo nem fundoé a parte que te cabedeste latifúndioNão é cova grandeé cova medidaé a terra que querias ver dividida Os fragmentos do poema de João Cabral de Meio Neto retratam a questão da terra no Brasil. Logo:  
    • A. 

      A estrutura econômica e social, assentada na desigual repartição da terra e da renda é geradora de privilégios para alguns, da miséria de muitos e da violência desenfreada no campo.

    • B. 

      Os conflitos no campo brasileiro não têm relação com a concentração fundiária.

    • C. 

      A questão fundiária é um problema estrutural. Para os sem-terra só existem duas saídas: RESISTIR e envolver-se em constantes conflitos pela posse da terra ou MIGRAR para os grandes centros urbanos à procura de novas oportunidades de sobrevivência.

    • D. 

      No campo o trabalhador sem terra vai de encontro a crescente concentração fundiária.

  • 2. 
    A agricultura familiar, segundo a FETRAF (Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar), é a grande responsável pela alimentação da população brasileira, pois garante cerca de 70% do que é consumido todos os dias, como feijão, arroz e verduras.Sobre esse tipo de agricultura, é correto afirmar que 
    • A. 

      Se destina para o mercado externo, por isso utiliza mão de obra qualificada e especializada.

    • B. 

      Emprega tecnologias sofisticadas para produzir alimentos e exporta 20% de toda a produção.

    • C. 

      Se caracteriza pela contratação de trabalhadores fixos e pelo cultivo em grandes propriedades.

    • D. 

      Se desenvolve graças aos pequenos e médios agricultores que representam a maioria dos produtores rurais.

  • 3. 
    A modernização da agricultura brasileira, que no início do século XXI está presente em quase todas as regiões do país, ainda é tratada na literatura como sendo de cunho “conservador”, uma vez que essa modernização 
    • A. 

      Reduziu o crescimento desordenado das cidades.

    • B. 

      Restringiu a capacidade produtiva do campo.

    • C. 

      Distribuiu alimentos à população de baixa renda.

    • D. 

      Manteve inalterada a estrutura fundiária do campo.

  • 4. 
    Herdeiro da Pampa Pobre Mas que pampa é essa que eu recebo agoraCom a missão de cultivar raízesSe dessa pampa que me fala a históriaNão me deixaram nem sequer matizes? Passam as mãos da minha geraçãoHeranças feitas de fortunas rotasCampos desertos que não geram pãoOnde a ganância anda de rédeas soltas Se for preciso, eu volto a ser caudilhoPor essa pampa que ficou pra trásPorque eu não quero deixar pro meu filhoA pampa pobre que herdei de meu pai (Engenheiros do Hawaii) A musica, “Herdeiro da Pampa Pobre”, retrata problemas na estrutura agrária e fundiária do Brasil, como 
    • A. 

      A má distribuição de terras e terras altamente produtivas.

    • B. 

      A concentração de terras e produção de alimentos para o mercado interno.

    • C. 

      A concentração fundiária e a improdutividade das terras.

    • D. 

      A boa distribuição de terras e produção voltada para a exportação.

  • 5. 
     É quase impossível visitar cidades como Campinas, São José dos Campos, Franca, Piracicaba e Ribeirão Preto sem observar a grande quantidade de indústrias ali instaladas. Esse processo de industrialização do interior paulista deve-se fundamentalmente à
    • A. 

      Preocupação ambiental das grandes indústrias situadas na capital paulista, que preferiram se deslocar para o interior do estado com a finalidade de diminuir a poluição atmosférica.

    • B. 

      Saída de diversas indústrias da Região Metropolitana de São Paulo, em virtude do alto custo da mão de obra e dos incentivos fiscais oferecidos por alguns municípios do interior.

    • C. 

      Necessidade de acesso fácil às fontes de energia utilizadas pelas indústrias da Grande São Paulo, concentradas na dependência do carvão mineral abundante no interior paulista.

    • D. 

      Procura, por parte das indústrias paulistanas, de mão de obra especializada e qualificada concentrada nas megalópoles do interior paulista.

  • 6. 
    Os pontos indicados no mapa a seguir indicam a presença de indústrias no Brasil.Assinale todas afirmativas corretas.
    • A. 

      As áreas com a maior concentração industrial também são as que possuem as maiores concentrações demográficas.

    • B. 

      Em relação à distribuição industrial no Brasil é possível afirmar que há indústrias em todos os estados, porém há alguns estados com maior concentração, como São Paulo e Rio de Janeiro.

    • C. 

      A região centro-oeste é mais industrializada que a região sul.

    • D. 

      A Região Sudeste é a região com a maior concentração de indústrias.

  • 7. 
    Caracteriza-se como o maior vetor de ocupação territorial no Brasil a partir de meados do século XIX, sendo explicativa da gênese da concentração produtiva e populacional ainda existente na atual conformação do território nacional. Estabeleceu-se no vale do Rio Paraíba, avançando por décadas sobre áreas de floresta Atlântica. Cabe assinalar que tal avanço ocasionou um surto urbanizador na região Sudeste do Brasil, no qual as ferrovias ganharam peso fundamental como agente modernizador e indutor da ocupação de novas áreas. (Antonio C. R. Moraes. Geografia histórica do Brasil, 2011. Adaptado.)  A atividade econômica associada à formação territorial do Brasil a qual o excerto se refere é 
    • A. 

      A industrialização.

    • B. 

      A cafeicultura.

    • C. 

      A mineração.

    • D. 

      A pecuária.

  • 8. 
    Assinale todas afirmativas corretas sobre a Guerra fria.
    • A. 

      é o momento em que se inicia a bipolarização mundial, com a divisão do mundo em dois polos de poder.

    • B. 

      A corrida espacial foi um marco na disputa entre os blocos capitalistas e socialistas.

    • C. 

      Durante a Guerra Fria, eliminou-se a possibilidade de uma corrida armamentista, uma vez que o cerne do conflito era apenas ideológico e as principais nações envolvidas temiam o desencadeamento de um conflito de maior porte.

    • D. 

      Os soviéticos foram os primeiros a lançar um satélite e a enviar um homem ao espaço, enquanto os estadunidenses organizaram a primeira expedição tripulada até a Lua. Desse modo, a Guerra Fria teve sentido tecnológico, ideológico e cultural.

    • E. 

      E) além da corrida espacial, durante a Guerra Fria, ocorreu a chamada corrida armamentista, que teve início com o lançamento das bombas atômicas sobre o Japão. Estados Unidos e União Soviética esforçavam-se em produzir bombas nucleares com poder de destruição cada vez maior.

Back to Top Back to top