América Latina Independente

7 Questions | Total Attempts: 867

SettingsSettingsSettings
Please wait...
América Latina Independente

Questions and Answers
  • 1. 
    (UFSM/2011) Simon Bolívar (1783-1830) era "partidário da formação de grandes Estados e confederações, porque sabia que nações pequenas e fracas nada mais seriam do que dependências econômicas da Inglaterra e dos Estados Unidos". (CÁCERES, Florival. História da América. São Paulo: Moderna, 1992. p.98.) O pensamento e a figura do libertador Simón Bolívar se tornaram representativos de um projeto de América Latina, a respeito do qual é possível afirmar: I - Devido à sua origem mestiça, Simón Bolívar expressava a ideia de uma sociedade americana liberta do domínio espanhol e organizada politicamente, de modo a integrar os povos nativos da América e também os negros trazidos da África. II-A formação de empresas estatais e a limitação do tamanho das propriedades rurais faziam parte do ideário de Simón Bolívar e foram combatidas pela aristocracia criolla, satisfeita com a estrutura econômica e social colonial.  III- A Confederação Pan-Americana esboçada por Bolívar enfrentou a oposição de grupos oligárquicos, dispostos tanto a se afirmarem como forças políticas dominantes em suas regiões quanto a negociarem com as potências imperialistas.  IV - O projeto de unidade política de Simón Bolívar chocou-se com os interesses das oligarquias rurais da Colômbia, Venezuela e Equador e também da Inglaterra e Estados Unidos. Está(ão) correta(s): 
    • A. 

      Apenas I e II

    • B. 

      Apenas I e III

    • C. 

      Apenas I, II e III

    • D. 

      Apenas III e IV

    • E. 

      Apenas IV

  • 2. 
    Sobre a independência da América Latina, é correto afirmar:
    • A. 

      Foi um movimento espontâneo das elites "criollas" contra a dominação espanhola, sem nenhuma influência externa.

    • B. 

      Após a conquista da independência, os mestiços e indígenas passaram a ter direitos civis, devido à contribuição nas lutas contra o domínio espanhol.

    • C. 

      Simon Bolivar, um dos principais Libertadores da América defendia a integração latino-americana, como forma de evitar a dependência econômica e política em relação aos Estados Unidos e à Inglaterra.

    • D. 

      Os "criollos", implantaram governos republicanos e aboliram a escravidão por influência dos iluministas.

    • E. 

      A Inglaterra apoiou a independência latino-americana, a fim de afastar a influência dos Estados Unidos.

  • 3. 
    (FUVEST) Simon Bolívar escreveu na conhecida CARTA DA JAMAICA de 1815: "Eu desejo, mais do que qualquer outro, ver formar-se na América a maior nação do mundo, menos por sua extensão e riquezas do que pela liberdade e glória". Sobre esta afirmação podemos dizer que: 
    • A. 

      Tal utopia da unidade, compartilhada por outros líderes da independência, como San Martin e O Higgins, não vingou por ineficiência de Bolívar.

    • B. 

      Inspirou a união entre Bolívia, Colômbia e Equador que formaram, por mais de uma década, uma única nação, fragmentada, em 1839, por problemas políticos.

    • C. 

      Bolívar foi uma voz solitária, nestes quase 200 anos de independência latino-americana, ausentando-se tal idéia dos debates políticos contemporâneos.

    • D. 

      Bolívar foi o primeiro a pensar na possibilidade da unidade, idéia posteriormente retomada por muitos políticos e intelectuais latino-americanos.

  • 4. 
    (UNESP) O processo de independência na América Latina deve ser compreendido no contexto da conjuntura internacional, marcada pelo ideário liberal iluminista, a expansão industrial inglesa, as guerras napoleônicas, além das crises inerentes ao sistema colonial. Assinale a alternativa diretamente relacionada com o processo de independência na América Espanhola:
    • A. 

      Conflito social que não teve relação com a desigualdade entre os nascidos na terra e na metrópole.

    • B. 

      Ruptura Colônia/Metrópole mais relacionada com a Guerra dos Sete Anos e sem relação alguma com as campanhas de Napoleão na Península Ibérica.

    • C. 

      Abertura dos portos à livre concorrência dos produtos manufaturados europeus para garantir a sobrevivência interna da pequena indústria têxtil latino-americana.

    • D. 

      Movimento emancipador conduzido principalmente pelos crioulos.

  • 5. 
    (UFPE) Sobre os processos de independência da América Latina, assinale a alternativa correta:
    • A. 

      A Santa Aliança não tinha o direito de intervir nas colônias portuguesas e espanholas caso elas tentassem se libertar.

    • B. 

      A crise do Antigo Regime está relacionada com a independência das colônias da América Latina.

    • C. 

      Não se pode relacionar a Revolução Industrial inglesa com a destruição dos monópolios econômicos do sistema colonial.

    • D. 

      A independência do Vice-Reino do Prata resultou na formação de quatro países: Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile.

  • 6. 
    No princípio do século XIX, as colônias espanholas na América tiveram condições de deflagrar um movimento antimetropolitano que resultou na independência política dessas áreas coloniais. Vários fatores estiveram associados àquele movimento; entre eles, destaca(m)-se a(s)
    • A. 

      Guerras travadas pelo Império Napoleônico, que alteraram o equilíbrio de forças na Europa e se refletiram nos domínios coloniais europeus.

    • B. 

      Deliberações políticas do Congresso de Viena, as quais foram favoráveis à independência de colônias de nações européias.

    • C. 

      Doutrina Monroe, que apregoava a independência e a autonomia política das nações latino-americanas frente aos Estados Unidos.

    • D. 

      Crise institucional portuguesa, que possibilitou o processo de independência brasileiro, o qual se tornou um modelo na América Latina.

  • 7. 
    A respeito da Independência do Brasil é correto afirmar que:
    • A. 

      Implicou em transformações radicais da estrutura produtiva e da ordem social, sob o regime monárquico.

    • B. 

      Significou a instauração do sistema republicano de governo, como o dos outros países da América Latina.

    • C. 

      Trouxe consigo o fim do escravismo e a implementação do trabalho livre como única forma de trabalho e o fim do domínio metropolitano.

    • D. 

      Implicou em autonomia política e em reformas moderadas na ordem social decorrentes do novo status político.

    • E. 

      Decorreu da luta palaciana entre João VI, Carlota Joaquina e Pedro I, que teve como conseqüência imediata a abertura dos portos.

Back to Top Back to top