Sociologia - Aula 01

12 Questűes

Settings
Please wait...
Sociologia - Aula 01

Questões sobre a aula 01 de Sociologia: Introdução à Sociologia


Questions and Answers
  • 1. 
    Leia o texto a seguir: A Sociologia surgiu como decorrência de um processo histórico, que culminou com a Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra, e a Revolução Francesa de 1789. Esses dois acontecimentos geraram problemas sociais que os pensadores da época não conseguiram explicar (...). Assim, com o social tornando-se um problema de dimensões nunca vistas, estavam dadas as condições que geraram a necessidade de criar uma nova disciplina científica. DIAS, Reinaldo. Introdução à Sociologia. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010, p. 19. (Adaptado). Sobre o assunto tratado no texto, é INCORRETO afirmar que
    • A. 

      A Sociologia buscou explicar os problemas sociais decorrentes da rápida urbanização, provocada pelas novas tecnologias de produção em massa.

    • B. 

      A divisão do trabalho industrial se tornou um importante tema de estudo da Sociologia, pois as tarefas repetitivas e altamente especializadas tiveram como consequência o aumento da desigualdade social.

    • C. 

      Os primeiros pensadores da ci√™ncia sociol√≥gica tinham a tarefa de racionalizar a nova ordem social, encontrando solu√ß√Ķes para a "desorganiza√ß√£o" por meio do conhecimento das leis que regem as rela√ß√Ķes entre os indiv√≠duos.

    • D. 

      Os novos papéis sociais, que surgem nesse período, marcam a interdependência entre operários e empresário. Isso será um fator fundamental para se compreenderem as desigualdades produzidas pela relação entre instrumentos de produção (do empresário) e a força de trabalho (do operário), a qual fundamentou a organização social da época.

    • E. 

      As novas formas de pensar a sociedade sofreram influ√™ncia das ci√™ncias biol√≥gicas. Estas explicavam a sociedade como um conjunto de a√ß√Ķes individuais independentes, sendo esses estudos considerados uma refer√™ncia te√≥rica importante para a Sociologia.

  • 2. 
    Os fenômenos sociais são objeto de investigação desde o surgimento da filosofia, na Grécia Antiga, por volta dos séculos VII e VI a.C.; mas a constituição de uma ciência específica da sociedade remonta apenas ao século XIX. Considerando-se o enunciado acima, assinale a alternativa que apresenta as principais causas que contribuíram para o nascimento da Sociologia na Europa do século XIX.
    • A. 

      As modifica√ß√Ķes no modo vigente de compreender os povos tribais na Europa do s√©culo XIX possibilitaram a constitui√ß√£o da Sociologia.

    • B. 

      As altera√ß√Ķes na mentalidade religiosa na Europa do s√©culo XIX condicionaram o surgimento da Sociologia.

    • C. 

      As mudan√ßas econ√īmicas, pol√≠ticas e sociais que moldaram as sociedades europeias do s√©culo XIX geraram perguntas ('quest√£o social') que demandaram a constitui√ß√£o da Sociologia.

    • D. 

      As muta√ß√Ķes ocorridas na filosofia e na moral das sociedades europeias do s√©culo XVI contribu√≠ram para o surgimento da Sociologia.

    • E. 

      As transforma√ß√Ķes na sensibilidade est√©tica das sociedades europeias do s√©culo XIX favoreceram o processo de forma√ß√£o da Sociologia.

  • 3. 
    A sociologia é uma ciência da modernidade. Assinale a alternativa que somente apresenta transformações que favoreceram o surgimento da sociologia.
    • A. 

      A Revolução Francesa, a Revolução Industrial, a Revolução Russa e a queda do muro de Berlim.

    • B. 

      O relativismo, o cientificismo e o crescimento das cidades.

    • C. 

      A Revolução Industrial, a Contrarreforma, a consolidação do capitalismo e o relativismo.

    • D. 

      O cientificismo, o crescimento das cidades, o expansionismo europeu e a Revolução Russa.

    • E. 

      A industrialização da Europa, consolidação do capitalismo, crescimento das cidades e o cientificismo.

  • 4. 
    A Sociologia, como disciplina acadêmica, surgiu em um contexto positivista, influenciada pela física de Auguste Comte (1791-1857) e sistematizada cientificamente por Émile Durkheim (1858-1917), na França. Na fase inicial de sua institucionalização, a Sociologia concentrou suas análises principalmente nos seguintes estudos, EXCETO.
    • A. 

      Em sua fase inicial, a Sociologia recusou-se a se constituir como uma nova ciência, dando ênfase ao estudo metafísico e especulativo, objetivando o aprimoramento da filosofia escolástica.

    • B. 

      A Sociologia se debruçou nas análises dos conflitos e desordem social na Europa.

    • C. 

      Como uma das ciências sociais, a Sociologia surgiu inspirada nos conceitos fundamentais das ciências naturais, como os da Física, da Biologia e da Química, por exemplo.

    • D. 

      No contexto do capitalismo industrial, a Sociologia ocupou-se principalmente dos estudos das institui√ß√Ķes (fam√≠lia, igreja, Estado, escola, etc.), da a√ß√£o e das rela√ß√Ķes sociais e do problema da divis√£o de classes sociais.

  • 5. 
    A Sociologia como ciência da modernidade foi influenciada por várias mudanças decorrentes das revoluções burguesas, especialmente na Europa nos séculos XVIII e XIX. Para Bourdieu, a singularidade dos estudos sociológicos ocorre porque A sociologia descobre o arbitrário, a contingência, ali onde as pessoas gostam de ver a necessidade ou natureza. Descobre a necessidade, a coação social, ali onde se gostaria de ver a escolha, o livre arbítrio. Uma das características das realidades históricas é que sempre é possível estabelecer que as coisas poderiam ser diferentes, que são diferentes em outros lugares, em outras condições. O que se quer dizer é que, ao historicizar, a Sociologia desnaturaliza, desfataliza. BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica ao julgamento social. São Paulo: Edusp, 2007. A partir das singularidades dos estudos sociológicos expressos na assertiva de Bourdieu, as correntes de pensamento que determinaram o aparecimento da Sociologia como ciência da modernidade são conhecidas como
    • A. 

      Nazismo, Criticismo, Anarquismo e Marxismo.

    • B. 

      Socialismo, Idealismo, Comunismo e Empirismo.

    • C. 

      Cristianismo, Naturalismo, Capitalismo e Fascismo.

    • D. 

      Iluminismo, Liberalismo, Racionalismo e Positivismo.

    • E. 

      Materialismo Histórico, Democracia, Feudalismo e Utilitarismo.

  • 6. 
    Leia o texto a seguir: (...) grandes mudanças que ocorreram na história da humanidade, aquelas que aconteceram no século XVIII — e que se estenderam no século XIX — só foram superadas pelas grandes transformações do final do século XX. As mudanças provocadas pela revolução científico-tecnológica, que denominamos Revolução Industrial, marcaram profundamente a organização social, alterando-a por completo, criando novas formas de organização e causando modificações culturais duradouras, que perduram até os dias atuais. DIAS, Reinaldo. Introdução à sociologia. São Paulo: Persons Prentice Hall, 2004, p. 124. Percebe-se que as transformações ocorridas nas sociedades ocidentais permitiram a formação de relações sociais complexas. Nesse sentido, a Sociologia surgiu com o objetivo de compreender essas relações, explicando suas origens e consequências. Sobre o surgimento da Sociologia e das mudanças históricas apontadas no texto, assinale a alternativa CORRETA.
    • A. 

      A grande mecaniza√ß√£o das f√°bricas nas cidades possibilitou o desenvolvimento econ√īmico da popula√ß√£o rural por meio do aumento de empregos.

    • B. 

      A divis√£o social do trabalho foi minimizada com as novas tecnologias introduzidas pelas revolu√ß√Ķes do s√©culo XVIII.

    • C. 

      A Sociologia foi uma resposta intelectual aos problemas sociais, que surgiram com a Revolução Industrial.

    • D. 

      O controle teológico da sociedade foi possível com o emprego sistemático da razão e do livre exame da realidade.

    • E. 

      As atividades rurais do período histórico, tratado no texto, foram o objeto de estudo que deu origem à Sociologia como ciência.

  • 7. 
    Considerando-se as grandes mudanças que ocorreram na história da humanidade, aquelas que aconteceram no século XVIII — e que se estenderam no século XIX — só foram superadas pelas grandes transformações do final do século XX. As mudanças provocadas pela revolução científico-tecnológica, que denominamos Revolução Industrial, marcaram profundamente a organização social, alterando-a por completo, criando novas formas de organização e causando modificações culturais duradouras, que perduram até os dias atuais. DIAS, Reinaldo. Introdução à sociologia. São Paulo: Persons Prentice Hall, 2004. Sobre o surgimento da Sociologia e as mudanças ocorridas na modernidade, é correto afirmar:
    • A. 

      A intensificação da economia agrária em larga escala nas metrópoles gerou o êxodo para o campo.

    • B. 

      O aparecimento das f√°bricas e o seu desenvolvimento levou ao crescimento das cidades rurais.

    • C. 

      O aumento do trabalho humano nas fábricas ocasionou a diminuição da divisão do trabalho.

    • D. 

      A agricultura familiar desse período foi o objeto de estudo que fez surgir as ciências sociais.

    • E. 

      A antiga forma de ver o mundo n√£o podia mais solucionar os novos problemas sociais.

  • 8. 
    De um ponto de vista histórico, a Sociologia como disciplina científica surgiu ao longo do século XIX, como uma resposta acadêmica para os novos desafios da modernidade. Além das concepções advindas da Revolução Francesa e dos fortes impactos gerados pela Revolução Industrial na estrutura da sociedade, muitos outros processos também contribuíram para essa nova configuração da sociedade. Em seu desenvolvimento ao longo do século XIX, a Sociologia esperava entender
    • A. 

      Os grupos sociais e as causas da desintegração social vigente.

    • B. 

      Como a Revolução Industrial encerrou a transição entre feudalismo e capitalismo, sem prejuízo da classe trabalhadora, pois foi beneficiada por esse processo.

    • C. 

      A subjetividade dos indivíduos nas pesquisas sociológicas, como uma disciplina científica com metodologia própria.

    • D. 

      A Revolu√ß√£o Francesa como um marco revolucion√°rio que modificou o pensamento, apesar de manter as tradi√ß√Ķes aristocratas.

  • 9. 
    Uma série de mudanças políticas e econômicas ocorreu na Europa, a partir do fim da Idade Média. O quadro “A liberdade guiando o povo” (1830), de Eugène Delacroix, alude a um dos mais importantes acontecimentos decorrente desse período na história europeia, a Revolução Francesa. Sobre a ligação entre as mudanças referidas no texto e o surgimento da Sociologia, é correto afirmar:
    • A. 

      O desenvolvimento da ind√ļstria se opunha √† forma√ß√£o do processo de instala√ß√£o da sociedade moderna.

    • B. 

      A credibilidade da vida social, nas cidades, passa a ser buscada na coerência dos textos sagrados e na adoração religiosa.

    • C. 

      A vida religiosa foi adquirindo cada vez mais import√Ęncia, o que fez com que a hist√≥ria do cotidiano fosse concebida por um olhar sagrado.

    • D. 

      A arte renascentista, ao apresentar a forte liga√ß√£o entre Deus e os homens, expressou as transforma√ß√Ķes sociais de forma contundente.

    • E. 

      O desenvolvimento tecnol√≥gico e a nova postura do homem ocidental decorrentes das transforma√ß√Ķes desse per√≠odo hist√≥rico propiciaram o interesse pelo entendimento da vida social.

  • 10. 
    Sobre os fatos que estiveram relacionados com a origem da sociologia, assinale a alternativa correta.
    • A. 

      Revolução Russa e I Guerra Mundial.

    • B. 

      Revolução Industrial e Revolução Francesa.

    • C. 

      Revolução Chinesa e Revolução Iraniana.

    • D. 

      Revolução dos Cravos e Revolução Gloriosa.

    • E. 

      Revolução Verde e Revolução Federalista

  • 11. 
    . Leia o texto a seguir. A maior parte dos sábios, como Isaac Newton, era profundamente crente e pensava que descobrir as leis da natureza graças à física é descobrir a obra de uma providência absolutamente divina e convencer-se de que a organização do mundo não é produto do acaso. Muito antes das Luzes, é no declínio das antigas hierarquias e no turbilhão suscitado pela chegada ao Novo Mundo que devemos buscar a fonte da revolução científica. É nesse contexto que as novas ciências abandonam a concepção de natureza como algo maravilhoso, governado por princípios ocultos, e passam a imaginá-la como uma máquina gigantesca. A tal engrenagem seguiria leis reguladoras e necessárias, passíveis de serem traduzidas em linguagem matemática. Isso não impediria, contudo, que a visão mecanicista da natureza continuasse por muito tempo como um ato de fé, incapaz de explicar fenômenos tão familiares como a coesão de materiais, a queda dos corpos ou a maré. (Adaptado de: JENSEN, P. “O saber não é neutro”. Le Monde Diplomatique Brasil, Ed. Instituto Polis, jun. 2010, ano 3, n. 35, p. 34.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre a revolução científica, é correto afirmar:
    • A. 

      A revolu√ß√£o cient√≠fica possibilitou demonstrar, no terreno da vida social, que o saber √© neutro, pois √© baseado em provas emp√≠ricas reveladoras de uma forma de verdade que n√£o comporta manipula√ß√Ķes pelos homens.

    • B. 

      A revolução científica comprovou que as mesmas leis gerais que regem o mundo físico atuam também sobre a realidade social, de tal modo que, compreendendo uma, se compreende diretamente a outra.

    • C. 

      Para a revolução científica, ciência e religião são formas de compreensão racional da realidade, estando ambas regidas pelos princípios de observação, verificação e experimentação capazes de demonstrar a hipótese inicial.

    • D. 

      A grande contribui√ß√£o da revolu√ß√£o cient√≠fica para as ci√™ncias humanas foi demonstrar que as rela√ß√Ķes sociais possuem regularidades matem√°ticas, o que permite prever com exatid√£o os comportamentos dos indiv√≠duos e de grupos de indiv√≠duos.

    • E. 

      Ainda que impossibilitada de explicar a din√Ęmica da vida social, a revolu√ß√£o cient√≠fica trouxe para o terreno das ci√™ncias humanas o princ√≠pio da racionalidade da investiga√ß√£o como caminho para a apreens√£o objetiva dos fatos.

  • 12. 
    Quanto ao contexto de surgimento da sociologia é correto afirmar que
    • A. 

      Ela surge logo ap√≥s o fim da 2¬™ Grande Guerra como empreendimento cient√≠fico que buscava compreender aquele fen√īmeno e encontrar solu√ß√Ķes para os resultados de tal flagelo.

    • B. 

      Ela é resultado dos estudos de investigadores norte-americanos empenhados em compreender os processos de industrialização e urbanização iniciado na década de 1930.

    • C. 

      Ela surge concomitantemente à filosofia na Antiguidade que teve como pensadores paradigmáticos Platão e Aristóteles.

    • D. 

      Emerge na modernidade, na virada do s√©culo XIX para o XX, buscando produzir explica√ß√Ķes e compreender o conjunto de transforma√ß√Ķes sociais ocorridas no ocidente naquele momento.

    • E. 

      √© simult√Ęnea ao per√≠odo da Reforma Protestante sendo fruto das reflex√Ķes de Lutero e Calvino podendo ser considerada a ci√™ncia fundada por eles para criticar o catolicismo.