Quiz Surpresa Do Dia 15/04/2010

6 Questes | Total Attempts: 85

SettingsSettingsSettings
Please wait...
Quiz Surpresa  Do Dia 15/04/2010

 AUMENTE SEUS PONTOS E RESOLVA O QUIZ SURPRESA. DISPONÍVEL ATÉ AS 15:50H


Questions and Answers
  • 1. 
    O processo de ocupação e desbravamento do interior brasileiro talvez seja uma das etapas mais interessantes da formação social do Brasil no período colonial. As entradas e bandeiras que desbravaram o sertão estão na origem da formação dos primeiros núcleos urbanos no interior do país, como no caso da região de Goiás.Sobre o processo de ocupação e povoamento de Goiás, é CORRETO afirmar:
    • A. 

      Até o início do século XVIII, a região do atual Estado de Goiás era desabitada e considerada território desconhecido tanto por portugueses quanto por indígenas, que ocupavam preferencialmente o litoral brasileiro.

    • B. 

      A bandeira de Bartolomeu Bueno da Silva foi a primeira expedição de exploração do atual território goiano, que lançou as bases para outros descobertos, como o das minas de Cuiabá.

    • C. 

      Por causa da grande distância a ser percorrida entre a região das minas dos Goyases e o Estado de São Paulo, foi pequena a utilização da mão-de-obra africana na região, ficando a extração aurífera sob o encargo de indígenas escravizados.

    • D. 

      O curto período de exploração aurífera em Goiás deve-se ao rápido esgotamento dos veios auríferos localizados nos leitos dos rios e à técnica rudimentar utilizada na extração do ouro.

    • E. 

      O declínio da produção aurífera trouxe poucos abalos à dinâmica social goiana, visto que já havia se estabelecido na região uma intensa atividade comercial e agrícola que sustentava o crescimento econômico local.

  • 2. 
    "A substância do Tratado [de Madri, 1750] consiste em concessões mútuas e na partilha de um imenso território despovoado. Nós cedemos a Portugal o que não nos serve e para eles será de grande utilidade; e Portugal nos cede a Colônia e o rio da Prata que não os beneficia e nos destrói". (Francisco de Auzmendi, oficial maior da Secretaria dos Negócios Estrangeiros da Espanha e partícipe do Tratado.) Essa interpretação do autor
    • A. 

      Ignora as vantagens que a Espanha obteve com o Tratado, haja vista a tentativa de Portugal reconquistar a região em 1809.

    • B. 

      Demonstra a cordialidade existente entre Portugal e Espanha nas disputas pela posse de seus territórios americanos.

    • C. 

      Silencia sobre o fato de que o entendimento entre Portugal e Espanha resultava prejudicial para a Inglaterra.

    • D. 

      Defende o acordo por ser parte interessada no mesmo, pois foi pago pelo governo português para que a Espanha o aceitasse.

    • E. 

      revela que Portugal e Espanha souberam preservar com muita habilidade seus interesses coloniais no Novo Mundo.

  • 3. 
    "Se a transformação de índio em escravo exigiu ajustamentos por parte da camada senhorial, também pressupunha um processo de mudança por parte dos índios. Este processo desenrolou-se ao longo do século XVII, contribuindo para a evolução das bases precárias sobre as quais se assentava o regime de administração particular. Um dos elementos centrais deste processo foi a religião que, em certo sentido, servia de meio para se impor uma distância definitiva entre escravos índios e a sociedade primitiva da qual foram bruscamente separados". MONTEIRO, John Manuel. "Negros da Terra:" Índios e Bandeirantes nas Origens de São Paulo: São Paulo: Companhia das Letras, 1995, p.159. Considerando o e-mail apresentado, assinale a alternativa correta
    • A. 

      A conversão religiosa do índio ao cristianismo era uma estratégia central para a desarticulação de seus laços culturais originais e sua inserção, como escravo, na sociedade colonial.

    • B. 

      A conversão do índio ao cristianismo não visava ter um efeito qualquer sobre os comportamentos e hábitos culturais indígenas, servindo apenas como justificativa para a escravidão.

    • C. 

      A camada senhorial de São Paulo não se alterou diante da herança cultural indígena, impondo aos índios, pela força das armas, sua cultura e sua religião.

    • D. 

      A religião cristã dificultou a inserção do índio como escravo na sociedade colonial, pois os missionários jesuítas opuseram-se veementemente à escravidão indígena.

  • 4. 
    Uma das características da cultura política grega é a noção de cidadania. Tal noção define a vinculação da pessoa a uma determinada pólis, por laços essencialmente familiares, e estabelece, concomitantemente, a permanente obrigação de defesa da cidade, a contribuição para seu bem geral, e o direito de opinar sobre seus destinos. Foi em virtude desta última implicação do conceito de cidadania que, em sentido lato, quase todas as cidades gregas tenderam à democracia. As diferenças se fazem sentir quanto à forma de participação do cidadão. Com base no texto e nos conhecimentos sobre a cidadania grega, é correto afirmar:
    • A. 

      As reformas de Péricles buscaram, entre outras coisas, incorporar todos os cidadãos ao processo decisório da Eclésia e dos tribunais, tornando possível a participação dos menos abastados, por meio de modesta remuneração.

    • B. 

      Nas pólis que se mantinham institucionalmente oligárquicas, ou sujeitas a modalidades de tirania, era vedado aos cidadãos comuns externar suas opiniões sobre as decisões públicas.

    • C. 

      As mulheres, numa cultura patriarcal que reservava a vida pública exclusivamente aos homens, eram cidadãs partícipes da discussão política, tendo voz ativa e voto na assembléia.

    • D. 

      Nas cidades gregas, o estrangeiro era um hóspede destituído da cidadania, tendo os seus direitos privados devidamente assegurados, sem restrições quanto à propriedade fundiária e aos direitos cívicos.

    • E. 

      O escravo, que antes de tudo estava excluído da cidadania, era considerado como parte da comunidade e, portanto, capacitado a opinar sobre os negócios públicos.

  • 5. 
    Sobre o lugar social da mulher no contexto do pensamento dos filósofos gregos clássicos, é correto afirmar:
    • A. 

      Na "Polis grega", as mulheres deveriam restringir-se à execução das tarefas domésticas, cabendo aos cidadãos a atuação na vida política, jurídica e administrativa.

    • B. 

      Pelo fato de as mulheres possuírem habilidades diferentes em relação aos homens, Platão lhes concede tarefas menos exigentes, tais como o cuidado do lar e o exercício da filosofia.

    • C. 

      Para Aristóteles, a justiça como eqüidade, se aplica também à esfera doméstica, devendo as mulheres receber tratamento baseado nos mesmos princípios válidos para os cidadãos.

    • D. 

      Era consenso que a mulher deveria atuar, além da esfera privada, também na esfera pública, tendo o direito de influenciar nas decisões políticas.

    • E. 

      Entendia-se que a tarefa das mulheres, que assumiam postos de liderança na Polis, era a de gerar filhos saudáveis para o Estado.

  • 6. 
    S itens a seguir referem-se a possíveis características da sociedade ateniense e/ou da sociedade romana na Antigüidade Clássica. I - Organização política centrada na cidade-Estado.II - Formação de impérios comerciais decorrentes do expansionismo militar.III - Utilização do trabalho assalariado como mão-de-obra básica.Quais apresentam  características da sociedade ateniense, da sociedade romana ou de ambas?
    • A. 

      Apenas I

    • B. 

      Apenas II

    • C. 

      Apenas III

    • D. 

      Apenas I e II

    • E. 

      I, II e III

Back to Top Back to top