Prova Parcial Escrita (Pm2)

26 Questűes | Total Attempts: 23

SettingsSettingsSettings
Please wait...
Prova Parcial Escrita (Pm2)

Esta prova tem 3 partes: (i) Compreensão de texto, (ii) compreensão auditiva e (iii) expressão escrita.
A duração é 90 min.
Não está permitido o uso de livros, cadernos nem Internet.


Questions and Answers
  • 1. 
    PARTE I. COMPREENSÃO DE TEXTO EM LÍNGUA PORTUGUESA    TEXTO 1  Algum de vocês escreve poemas? Não querem dizer. Compreendo. Estamos na idade em que gostamos da nossa privacidade. Sabem como eu descobri a poesia? Através das canções. Cada letra de música é um poema e, quando começamos a falar sobre isto nas aulas de português, fiz um trabalho de grupo com o Gugas só a partir das letras dos Xutos e Pontapés e dos Da Weasel. Foi muito divertido perceber que aquilo que se canta tem um sentido e até uma métrica e rima adequada. Há canções de amor, de intervenção, de queixa, de denúncia.  1. O Micas nunca leu poemas.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 2. 
    O Micas começou a gostar de poemas por causa das canções.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 3. 
    Os alunos escutaram várias músicas nas aulas de português.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 4. 
    As letras das canções têm ritmo e rima, mas não são poemas.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 5. 
    O Micas descobriu que existem muitas mensagens diferentes nas canções.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 6. 
    Que  título você considera mais adequado ao excerto da história?
    • A. 

      Micas aprende a cantar

    • B. 

      Micas descobre a poesia

    • C. 

      Micas já sabe escrever poemas

  • 7. 
    TEXTO 2   Entrar na Floresta Amazônica é um exercício de humildade. O silêncio, o clima úmido e abafado, o teto formado pela copa das árvores, tudo faz com que você se sinta pequeno, muito pequeno. Uma imensa planície cerca o rio de águas barrentas. Dá medo? Claro que dá. A poucos passos de distância pode haver uma onça-pintada, um jacaré-açu. Mas o frio na barriga só aumenta a emoção de quem explora a mata. Uma caminhada pela floresta é programa obrigatório para quem se hospeda nos hotéis de selva do Amazonas. Mas a diversão não acaba aí. Você pode conhecer a vida dos ribeirinhos, pescar piranhas nos igarapés e, com a ajuda de lanternas e holofotes, fazer a focagem noturna de animais. A maioria dos hotéis de selva tem acesso por barco, na região de Manaus. Mas outros pontos do Amazonas começam a receber empreendimentos desse tipo. Alguns estão em terra firme. Outros flutuam sobre balsas ou ficam suspensos em áreas alagáveis (chamadas de igapós). Todos têm algo em comum: ajudam o visitante a sentir-se parte da natureza que o envolve, sem abrir mão do melhor da civilização.  Informações turísticas: www.visitamazonas.am.gov.br  Melhor época: há duas Amazônias, a do inverno, de dezembro a junho, que é uma época de chuvas não propícia à observação de animais, porém ótima para passeios nos igarapés; e a do verão, de julho a novembro, quando lindas praias surgem ao longo do leito dos rios e a temperatura oscila de 23°C a 31°C. Vacina: tomar a de febre amarela, dez dias antes da viagem.  Transporte: barco, evidente. Em geral, parte de Manaus. Mente alerta: os hotéis de selva têm um número de diárias mínimo de duas a quatro noites e, em geral, o preço é publicado em dólar.    7. Entrar na Floresta Amazônica é um exercício de humildade, porque
    • A. 

      O silêncio dos turistas, aliado às condições da floresta, diminui a ansiedade de conhecer o novo. 

    • B. 

      O medo se dissipa ao ver a beleza exótica das plantas e dos animais.

    • C. 

      As onças estão por todos os lados, em busca de uma presa amedrontada. 

    • D. 

      Tudo ao redor é tão imenso e grandioso, que faz as pessoas se sentirem pequenas.

  • 8. 
    A expressão “frio na barriga” pode ser substituída, sem alterar o sentido do texto, por 
    • A. 

      Adrenalina

    • B. 

      Cansaço

    • C. 

      Baixa temperatura 

    • D. 

      Extravagância

  • 9. 
    Quem se hospeda nos hotéis de selva do Amazonas pode 
    • A. 

      Utilizar aparelhos de última geração para atrair os peixes, como lanternas e holofotes. 

    • B. 

      Conhecer a floresta e caçar animais nativos. 

    • C. 

      Pescar acompanhado dos moradores da região – os ribeirinhos. 

    • D. 

      Observar a vida noturna de alguns animais. 

  • 10. 
    A expressão “não acaba aí tem”, no texto, o mesmo sentido que
    • A. 

      Termina.

    • B. 

      Continua.

    • C. 

      Não é possível.

    • D. 

      Não sairá.

  • 11. 
    De acordo com o texto, todos os hotéis 
    • A. 

      Têm acesso por barco ou balsa. 

    • B. 

      São navegáveis.

    • C. 

      Oferecem serviços de qualidade.

    • D. 

      Estão na água.

  • 12. 
    Segundo o texto, a temperatura no Amazonas 
    • A. 

      Pode passar dos 31°C, nas praias. 

    • B. 

      Não passa dos 23°C, em qualquer estação do ano. 

    • C. 

      Se estabiliza no inverno. 

    • D. 

      Atinge os 31°C, no verão. 

  • 13. 
    De acordo com o texto, antes de viajar, o turista deve 
    • A. 

      Viajar até Manaus e comprar a passagem de barco. 

    • B. 

      Vacinar-se. 

    • C. 

      Fazer uma reserva de duas a quatro noites.

    • D. 

      Trocar reais por dólares.

  • 14. 
    TEXTO 3        O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem concordou com a decisão dos tribunais suecos de condenar dois dos cofundadores do Pirate Bay (Suécia), que tinham recorrido da decisão para a justiça europeia.    No recurso apresentado em Estrasburgo, Fredrik Neij e Peter Sunde, ambos de 34 anos, afirmaram que o objetivo do Pirate Bay era permitir a partilha de informação na Internet e que, portanto, a condenação a prisão e ao pagamento de uma indemnização era uma violação da liberdade de expressão.       O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem concluiu, no entanto, que, dada “a natureza da informação contida no material partilhado e as razões encontradas para a interferência na liberdade de expressão dos acusados, essa interferência era ‘necessária numa sociedade democrática’”, remetendo com esta expressão para o artigo 10.º da Convenção Europeia dos Direitos do Homem, relativo à liberdade de expressão.      Na decisão, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem observou ainda que “os tribunais suecos apresentaram razões suficientes e relevantes” para considerar que as atividades comerciais do Pirate Bay eram “conduta criminal” e lembrou que os responsáveis pelo site foram “apenas condenados por materiais que estavam protegidos por direitos de autor”.   14. Os dois cofundadores do site Pirate Bay declararam que...
    • A. 

      Tinham apenas a intenção de partilhar informação.

    • B. 

      Concordavam com a condenação a prisão.

    • C. 

      Iriam prontamente pagar a indemnização.

    • D. 

      Iriam violar a liberdade de expressão.

  • 15. 
    O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem concluiu que...
    • A. 

      A informação partilhada pelo Pirate Bay interferia na liberdade de expressão dos autores. 

    • B. 

      A interferência na liberdade de expressão dos fundadores do site assentava em valores democráticos.

    • C. 

      Casos desta natureza não estão previstos na Convenção Europeia dos Direitos do Homem.

    • D. 

      O caso teria de ser julgado pelos tribunais suecos.

  • 16. 
    Os fundadores do Pirate Bay foram condenados devido a...
    • A. 

      Crimes fiscais.

    • B. 

      Atividades comerciais de materiais ilegais.

    • C. 

      Danos materiais.

    • D. 

      Desrespeito pelos direitos de autor.

  • 17. 
    A. Veja a reportagem com atenção. Vai ouvir duas vezes.
  • 18. 
    Maria e Ricardo são os nomes mais populares no Brasil.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 19. 
    A lista indicada na reportagem tem 50 nomes.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 20. 
    José é o nome de homem mais usado.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 21. 
    O nome da repórter é bastante comum no Brasil.
    • A. 

      True

    • B. 

      False

  • 22. 
    Quais nomes não são ditos na reportagem?
    • A. 

      Carlos 

    • B. 

      Guilhermo

    • C. 

      Josefa

    • D. 

      Adriano

    • E. 

      Anderson

  • 23. 
    B. Escute o diálogo com atenção. Responda às perguntas abaixo. Vai ouvir o diálogo duas vezes.  
  • 24. 
    Em que dia é a festa?
  • 25. 
    Onde é a festa?
Back to Top Back to top