Simulado De Física 01/08

10 Preguntas | Total Attempts: 99

Please wait...
Simulado De Física 01/08

Simulado 1 ?  Energia mecânica nos vestibulares.  * semana 01 Agosto


Questions and Answers
  • 1. 
    1) (UPE) Uma esfera de massa m = 10 kg inicialmente em repouso a uma altura h = 60 m é abandonada sobre uma mola ideal de constante elástica k = 10 x 10² N/m como ilustra a figura a seguir. Considere a aceleração da gravidade g =10 m/s².   Desprezando quaisquer dissipações de energia assinale as proposições a seguir:   I. A velocidade da esfera começa a diminuir a partir do instante em que a esfera atinge a mola. II. A máxima deformação da mola é xmáx = 10 m. III. A deformação da mola no instante em que a velocidade da esfera for máxima é x = 10 cm. IV. A velocidade máxima da esfera é vmáx = 11 m/s. V. A velocidade com que a esfera é arremessada para cima no instante em que perde o contato com a mola é v = 2. m/s.   Estão CORRETAS
    • A. 

      I, II, III, IV e V.

    • B. 

      I, III e IV.

    • C. 

      I, II, IV e V.

    • D. 

      III, IV e V.

    • E. 

      II, IV e V.

  • 2. 
    2) (FGV) Em festas de aniversário um dispositivo bastante simples arremessa confetes. A engenhoca é constituída essencialmente por um tubo de papelão e uma mola helicoidal comprimida. No interior do tubo estão acondicionados os confetes. Uma pequena torção na base plástica do tubo destrava a mola que em seu processo de relaxamento empurra por 20 cm os confetes para fora do dispositivo.     Ao serem lançados com o tubo na posição vertical os confetes atingem no máximo 4 metros de altura 20% do que conseguiriam se não houvesse a resistência do ar. Considerando que a porção de confetes a ser arremessada tem massa total de 10 g e que a aceleração da gravidade seja de 10 m/s² o valor da constante elástica da mola utilizada é aproximadamente em N/m
    • A. 

      10.

    • B. 

      20.

    • C. 

      40.

    • D. 

      50.

    • E. 

      100.

  • 3. 
    3) (UFG) A constituição de um osso é de 70% do mineral hidroxiapatita e 20% de uma fibra proteica. A tíbia é o osso mais vulnerável da perna sofrendo uma deformação elástica de 10 mm quando submetida a uma força de compressão de 50 kN. Tendo em vista estas informações considere a seguinte situação: Uma criança de peso 400 N salta de um degrau de 40 cm de altura e aterrissa com a perna esticada. A medida da contração sofrida pela tíbia em metros e a proteína responsável pela elasticidade dos ossos são respectivamente  
    • A. 

      8,0 x 10-3 e queratina.

    • B. 

      8,0 x 10-3 e elastina.

    • C. 

      8,0 x 10-3 e colágeno.

    • D. 

      3,2 x 10-6 e elastina.

    • E. 

      3,2 x 10-6 e colágeno.

  • 4. 
    4) (UESPI) Uma bola de peso 1 N é solta do repouso de uma altura de 1 m acima do solo. A cada choque com o solo a bola perde 20% da sua energia mecânica em relação à que ela possuía no instante imediatamente anterior à colisão. O movimento da bola é vertical. Desprezando a resistência do ar qual a altura máxima atingida pela bola após a segunda colisão com o solo?                                                                           
    • A. 

      48 cm

    • B. 

      64 cm

    • C. 

      72 cm

    • D. 

      86 cm

    • E. 

      92 cm

  • 5. 
    5) (UDESC) Uma estação de esqui possui seu ponto mais alto a 4840 m acima do nível do mar. Um esquiador de massa 800 kg parte do repouso do seu ponto mais alto descendo até a metade da altitude da montanha.   Considerando que os efeitos de atrito e a resistência do ar dissipam 1920 kJ da energia mecânica até esse ponto assinale a alternativa que contém a velocidade do esquiador nessa altitude.                                                                    
    • A. 

      22,0 m/s

    • B. 

      200 m/s

    • C. 

      20,0 m/s

    • D. 

      220 m/s

    • E. 

      221 m/s

  • 6. 
    6) (UESC) O progresso alcançado até hoje no campo da Física baseou-se nas investigações e nas descobertas das diferentes modalidades de energia e na constatação de que as várias formas de energia obedecem a um princípio de conservação. A figura representa a trajetória descrita por um bloco sobre uma superfície circular de raio R. O bloco parte do repouso de um ponto A desliza sem atrito e ao atingir o ponto B perde o contato com a superfície. Sabendo-se que o módulo da aceleração da gravidade local é g e desprezando-se a resistência do ar o valor de cos &theta determinado com base na conservação da energia mecânica é igual a   a)             b)              c)                 d)              e) 
    • A. 

      1/3

    • B. 

      2/3

    • C. 

      1

    • D. 

      4/3

    • E. 

      5/3

  • 7. 
    7) (UFTM) A montanha russa é uma atração radical em um parque de diversões e sempre atrai um grande número de visitantes. Na figura um carrinho de massa 300 kg é abandonado do repouso no ponto A e desce com atrito desprezível até o ponto B. Entre B e C o atrito torna-se considerável o que faz com que o carrinho pare no ponto C. Sabendo que o coeficiente de atrito entre o carrinho e a pista no trecho horizontal BC vale 05 adotando g = 10 m/s² e desprezando a resistência do ar pode-se afirmar que a distância entre B e C percorrida pelo carrinho até parar em metros é igual a
    • A. 

      12,8.

    • B. 

      19,0

    • C. 

      25,6

    • D. 

      38,0.

    • E. 

      51,2

  • 8. 
    8) (Fuvest) Em uma competição de salto em distância um atleta de 70 kg tem imediatamente antes do salto uma velocidade na direção horizontal de módulo 10 m/s. Ao saltar o atleta usa seus músculos para empurrar o chão na direção vertical produzindo uma energia de 500 J sendo 70% desse valor na forma de energia cinética.  Imediatamente após se separar do chão o módulo da velocidade do atleta é mais próximo de
    • A. 

      10 m/s

    • B. 

      10,5 m/s

    • C. 

      12,2 m/s

    • D. 

      13,2 m/s

    • E. 

      13,8 m/s

  • 9. 
    9) (Fuvest) No &rdquosalto com vara&rdquo um atleta corre segurando uma vara e com perícia e treino consegue projetar seu corpo por cima de uma barra. Para uma estimativa da altura alcançada nesses saltos é possível considerar que a vara sirva apenas para converter o movimento horizontal do atleta (corrida) em movimento vertical sem perdas ou acréscimos de energia. Na análise de um desses saltos foi obtida a sequência de imagens reproduzida acima. Nesse caso é possível estimar que a velocidade máxima atingida pelo atleta antes do salto foi de aproximadamente *Desconsidere os efeitos do trabalho muscular após o início do salto.   a)                 b)                c) 7                d) 8 m/s                 e) 9 m/s
    • A. 

      4 m/s

    • B. 

      6 m/s

    • C. 

      7 m/s

    • D. 

      8 m/s

    • E. 

      9 m/s

  • 10. 
    10) (FGV) Devido a forças dissipativas parte da energia mecânica (E) de um sistema foi convertida em calor circunstância caracterizada pelo gráfico apresentado Sabendo-se que a variação da energia potencial desse sistema foi nula o trabalho realizado sobre o sistema nos primeiros 4 segundos em J foi em módulo
    • A. 

      3600.

    • B. 

      1200.

    • C. 

      900.

    • D. 

      800.

    • E. 

      600

Back to Top Back to top