Nível 5 - Cálculo Estequiométrico

10 Questes | Total Attempts: 75

SettingsSettingsSettings
Please wait...
Nível 5 - Cálculo Estequiométrico

Este quiz inclui todos os assuntos.


Questions and Answers
  • 1. 
    Ácido fosfórico impuro, para uso em preparação de fertilizantes, é produzido pela reação de ácido sulfúrico sobre rocha de fosfato, cujo componente principal é Ca3(PO4)2. A reação é:   Ca3 (PO4)2 (s) + 3 H2SO4 (aq) -->  3 CaSO4 (s) + 2 H3PO4 (aq)   Quantos mols de H3PO4 podem ser produzidos pela reação de 200 kg de H2SO4? (Dados: Massas molares (em g/mol): H=1; O=16; S=32; P=31; Ca=40)  
    • A. 

      2.107 mol

    • B. 

      1.361 mol

    • C. 

      95,4mol

    • D. 

      954mol

    • E. 

      600mol

  • 2. 
    O sulfato de cálcio (CaSO4) é matéria-prima do giz e pode ser obtido pela reação entre soluções aquosas de cloreto de cálcio e de sulfato de sódio (conforme reação abaixo). Sabendo disso, calcule a massa de sulfato de cálcio obtida pela reação de 2mols de cloreto de cálcio com excesso de sulfato de sódio, considerando-se que o rendimento da reação é igual a 75 %. CaCl2(aq) + Na2SO4(aq)  -->  CaSO4 (s) + 2NaCl(aq)
    • A. 

      56g

    • B. 

      220g

    • C. 

      102g

    • D. 

      204g

    • E. 

      100g

  • 3. 
     A uréia – CO(NH2)2 – é uma substância utilizada como fertilizante e é obtida pela reação entre o gás carbônico e amônia, conforme a equação:                            CO2(g)  +  2NH3(g)    CO(NH2)2(s)  +   H2O(g)   Sabendo-se que 89,6 litros de gás amônia reagem completamente no processo com o gás carbônico, nas CNTP, a massa de uréia, obtida em gramas, é igual a:
    • A. 

      240

    • B. 

      180

    • C. 

      120

    • D. 

      60

  • 4. 
    O hidróxido de sódio é preparado comercialmente pela reação de carbonato de sódio com hidróxido de cálcio, representada pela equação química abaixo, a qual não se encontra balanceada. Quantos gramas, aproximadamente , de hidróxido de sódio podem ser obtidos tratando- se 1 kg de carbona to de sódio com hidróxido de cálcio? Na2 CO3 + Ca(OH) 2 → NaOH + CaCO3
    • A. 

      705 g

    • B. 

      75,5 g

    • C. 

      755 g

    • D. 

      64g

    • E. 

      88g

    • F. 

      0,755 g

    • G. 

      377,5 g

  • 5. 
    Considere a seguinte reação não balanceada: Fe2O3(s) + CO(g) → Fe(s) + CO2(g) Quando 5 mols de Fe2O3 reagem com 16 mols de CO com um rendimento de 100%, pode-se afirmar que o reagente limitante e o número de átomos de Fe formados, respectivamente, nesta reação, serão:  
    • A. 

      CO, e são formados 90,30 x 10^23 átomos de Fe.

    • B. 

      Fe2O3, e são formados 6,02 x 10^23 átomos de Fe.

    • C. 

      Fe2O3, e são formados 60,24 x 10^23 átomos de Fe.

    • D. 

      CO, e são formados 72,24 x 10^23 átomos de Fe

    • E. 

      Fe2O3, e são formados 24,08 x 10^23 átomos de Fe

  • 6. 
    A pirolusita é um minério do qual se obtém o metal manganês (Mn), muito utilizado em diversos tipos de aços resistentes. O principal componente da pirolusita é o dióxido de manganês (MnO2). Para se obter o manganês metálico com elevada pureza, utiliza-se a luminotermia, processo no qual o óxido reage com o alumínio metálico, segundo a equação: 3 MnO2(s) + 4 Al(s) → 2 Al2O3(s) + 3 Mn(s) Considerando que determinado lote de pirolusita apresenta teor de 80% de dióxido de manganês (MnO2), a massa mínima de pirolusita necessária para se obter 1,10 t de manganês metálico é Massas molares: Mn: 54,9 g/mol; O: 16,0 g/mol; MnO2: 54,9 g/mol + 2 . 16,0 g/mol = 86,9 g/mol  
    • A. 

      1,09 t

    • B. 

      1,39 t

    • C. 

      1,74 t

    • D. 

      2,18 t

    • E. 

      2,61 t

  • 7. 
    Na reação:  A massa de gás carbônico formada da reação de 90mg de glicose com 120 mL de gás oxigênio é: (Dados: volume molar dos gases 20L/mol, O=16, massa molar da glicose: 180g/mol)
    • A. 

      90g

    • B. 

      90mg

    • C. 

      22g

    • D. 

      132g

    • E. 

      132mg

  • 8. 
    O carbonato de cálcio decompões-se por aquecimento segundo a equação abaixo. CaCO3(s) --> CaO(s) + CO2 (g) Numa experiência, 10 g de carbonato são aquecidos em sistema aberto, obtendo-se 7,8g de resíduo sólido. A porcentagem (%) de decomposição do carbonato foi de:
    • A. 

      22

    • B. 

      28

    • C. 

      39

    • D. 

      50

  • 9. 
    O acetileno, gás utilizado em maçaricos, pode ser obtido a partir do carbeto de cálcio (carbureto) de acordo com a equação: CaC2 + 2 H2O --> Ca(OH)2 + C2H2 Utilizando-se 1 kg de carbureto com 36% de impurezas, o volume de acetileno obtido, nas CNTP, em litros, é:
    • A. 

      0,224

    • B. 

      2,24

    • C. 

      26

    • D. 

      224

  • 10. 
    O nome do reagente em excesso, e a quantidade dele que fica sem reagir em Litros, resultante da queima de 100L de metano de pureza 90% e com 250L de oxigênio puro é: Dados: C=12, H=1, Volume molar dos gases: 25L/mol
    • A. 

      Oxigênio, 70L

    • B. 

      Metano, 50L

    • C. 

      Oxigênio, 50L

    • D. 

      Metano, 200 L

    • E. 

      Oxigênio, 180L

Back to Top Back to top