Praticando Um Pouco Mais- F2 7° Geografia 2014- 2ª Etapa

10 Questes | Total Attempts: 44

SettingsSettingsSettings
Please wait...
Praticando Um Pouco Mais- F2 7 Geografia 2014- 2 Etapa

Questions and Answers
  • 1. 
    Fonte: Censo demográfico 2000. IBGE. Assinale a alternativa correta, tendo como referência o gráfico acima.
    • A. 

      A maior concentração demográfica da população brasileira em áreas rurais, no período de 1940 a 1980, foi resultado da predominância das atividades agroexportadoras na geração da riqueza nacional.

    • B. 

      O expressivo crescimento populacional entre 1970 e 2000 foi consequência direta dos programas de incentivo à natalidade, promovidos pelos governos militares, e direcionados, especialmente, para as populações urbanas de baixa renda.

    • C. 

      Entre 1940 e 2000, a inexistência de variação da população rural decorreu das migrações internas e, principalmente, da decadência e estagnação das lavouras de cana-de-açúcar, café e soja.

    • D. 

      A crescente concentração da população brasileira em áreas urbanas, a partir de 1970, esteve associada, entre outros aspectos, à ampliação dos setores industriais e de serviços e à atração exercida pelas cidades.

  • 2. 
    A população brasileira está distribuída de maneira irregular no território. A Região do Brasil que apresenta o maior número de habitantes é:
    • A. 

      Norte

    • B. 

      Sudeste

    • C. 

      Centro-Oeste.

    • D. 

      Sul

  • 3. 
    Os dados da tabela mostram uma tendência de diminuição, no Brasil, do número de filhos por mulher. Evolução das taxas de fecundidade IBGE Contagem da População de 1996. Época Número de filhos por mulher Século XX 7 1960 6,2 1980 4,01 1991 2,9 1996 2,32   Dentre as alternativas, a que melhor explica essa tendência é:
    • A. 

      Eficiência da política demográfica oficial por meio de campanhas publicitárias.

    • B. 

      Introdução de legislações específicas que desestimulam casamentos precoces.

    • C. 

      Mudança na legislação que normatiza as relações de trabalho, suspendendo incentivos para trabalhadores com mais de dois filhos.

    • D. 

      Maior esclarecimento da população e maior participação feminina no mercado de trabalho.

  • 4. 
    Leia o texto abaixo: IBGE comprova queda da migração no Brasil  Estudo divulgado pelo IBGE sobre o deslocamento da população brasileira indica a diminuição da migração interna e tendência de permanência ou de retorno de moradores a seus estados de origem. Em vez da corrida para o Sudeste, que marcou as décadas de 1960 a 1980, a tendência é de deslocamentos entre municípios de um mesmo estado e queda acentuada nas migrações entre regiões. A última década aponta ainda para mudanças nas correntes migratórias, em que Rio de Janeiro e São Paulo deixam de ser “importadores” e passam a “exportadores” de moradores, enquanto o Espírito Santo desponta como foco de atração de novos habitantes. (adaptado da Revista Veja de 15 de julho de 2011). Dentre muitos fatores que colaboram para a mudança da dinâmica interna de migração no Brasil é CORRETO afirmar que o fator que contribui para esta alteração é:
    • A. 

      A baixa densidade demográfica que o Brasil apresenta em todas as regiões.

    • B. 

      A saturação das metrópoles e a melhor distribuição da oferta de empregos no país.

    • C. 

      O aumento da população rural no norte e nordeste do Brasil.

    • D. 

      O declínio das atividades agropecuárias no Centro-Oeste do país.

  • 5. 
    Analise o gráfico a seguir: As informações que o gráfico contém permitem concluir que, no período em que os dados foram coletados:
    • A. 

      Desigualdade de renda caiu, mas continua sendo um problema comum a todas as regiões do Brasil.

    • B. 

      A desigualdade de renda aumentou e é um problema comum a todas as regiões do Brasil.

    • C. 

      A desigualdade é maior na Região Norte.

    • D. 

      Não existe desigualdade de renda na Região Sudeste.

  • 6. 
    (UNOPAR) Dos imigrantes que vieram para o Brasil, a maior contribuição populacional foi dada pelos:
    • A. 

      Portugueses e japoneses

    • B. 

      Italianos e alemães

    • C. 

      Alemães e espanhóis

    • D. 

      Portugueses e italianos

  • 7. 
    A população brasileira está distribuída de maneira irregular no território. A Região do Brasil que apresenta o maior número de habitantes é:
    • A. 

      Norte.

    • B. 

      Sudeste.

    • C. 

      Centro-Oeste.

    • D. 

      Sul.

  • 8. 
    Área territorial e população pelas regiões brasileiras: Considerando os dados apresentados, identificar a alternativa que contém, corretamente indicadas, as regiões brasileiras que substituem os números 1, 2 e 3 na ordem da tabela anterior.
    • A. 

      Centro-Oeste, Nordeste e Sul.

    • B. 

      Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

    • C. 

      Norte, Nordeste e Sudeste.

    • D. 

      Norte, Sudeste e Sul.

  • 9. 
    Segundo dados do "Jornal do Brasil" (24/01/93 p.14), a mulher brasileira tem hoje, em média, 3 filhos contra 4,35, nos anos 80, e 6,28, na década de 60. A redução da taxa de natalidade verificada no Brasil está relacionada à(ao):
    • A. 

      Participação crescente da mulher no mercado de trabalho, inviabilizando o tradicional instituto do casamento.

    • B. 

      Mudança da população, que deixou, em cerca de 30 anos, de ser rural, passando a majoritariamente urbana.

    • C. 

      Sucesso de políticas de controle da natalidade, impostas pelos governos militares, no final dos anos 60.

    • D. 

      Processo de envelhecimento rápido da estrutura demográfica, motivada pela elevação da expectativa de vida da população.

  • 10. 
    "A população das grandes metrópoles brasileiras vê-se atingida pelas enchentes exageradas pelo assoreamento dos córregos e rios e pela impermeabilidade dos solos; pela destruição das áreas verdes, pela poluição do ar e da água, pela erosão que afeta os solos de áreas ocupadas de modo inadequado."
    • A. 

      Ao difícil acesso à terra nas cidades.

    • B. 

      às relações entre o indivíduo e a coletividade nas cidades.

    • C. 

      à intervenção do Estado na organização do espaço urbano.

    • D. 

      Aos problemas ambientais decorrentes da expansão urbana desordenada

Back to Top Back to top