Simulado Exame De Suficiência - Universidade Positivo

50 Questes | Total Attempts: 12

SettingsSettingsSettings
Please wait...
Simulado Exame De Suficincia - Universidade Positivo


Questions and Answers
  • 1. 
    A Sociedade Empresária adquiriu, a prazo, mercadorias para revenda pelo valor de R$ 300.000,00, com incidência de ICMS de R$ 51.000,00 incluído na NF. Adicionalmente, pagou, à vista, R$ 5.000,00 a título de frete para transporte das mercadorias, sem incidência de ICMS. Tendo como referência apenas essas informações apresentadas, o lançamento contábil que melhor registra essa operação é:
    • A. 

      DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 254.000,00 DÉBITO ICMS a Recuperar R$ 51.000,00 CRÉDITO Fornecedores R$ 249.000,00 CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00

    • B. 

      DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 254.000,00 DÉBITO ICMS a Recuperar R$ 51.000,00 DÉBITO Fretes e Carretos – Despesa Administrativa R$ 5.000,00 CRÉDITO Fornecedores R$ 300.000,00 CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00

    • C. 

      DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 254.000,00 DÉBITO ICMS a Recuperar R$ 51.000,00 CRÉDITO Fornecedores R$ 300.000,00 CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00

    • D. 

      DÉBITO Mercadorias para Revenda – R$ 249.000,00 DÉBITO ICMS – Despesas Tributárias R$ 51.000,00 CRÉDITO Caixa R$ 5.000,00 CRÉDITO Fornecedores R$ 254.000,00

  • 2. 
    Em 31/12/2018, a Sociedade Empresária apresentou, após apuração e distribuição de seus resultados, as seguintes informações contábeis de algumas contas e seus respectivos saldos. (Considere que a listagem de contas e saldos não está completa e que o saldo da conta Capital Subscrito não foi informado.) Baseando-se apenas nas informações apresentadas, o saldo da conta Capital Subscrito e o valor total do Patrimônio Líquido são, respectivamente:
    • A. 

      R$ 822.500,00 e R$ 647.500,00

    • B. 

      R$ 337.000,00 e R$ 822.500,00

    • C. 

      R$ 337.000,00 e R$ 647.500,00

    • D. 

      R$ 485.500,00 e R$ 647.500,00

  • 3. 
    Questão 3 Uma Sociedade Empresária foi constituída em 15/06/2015, com a subscrição de 300.000 ações de valor nominal de R$ 2,50 cada uma. A integralização de parte do capital, nessa mesma data se deu da seguinte forma: 15% representado por uma máquina; 25% em moeda corrente e 15% por um conjunto de lojas. Considerando apenas as informações apresentadas anteriormente é correto afirmar que:
    • A. 

      O Passivo Exigível é de R$ 412.500,00.

    • B. 

      O Patrimônio Líquido é de R$ 750.000,00.

    • C. 

      O Capital a Integralizar é de R$ 337.500,00.

    • D. 

      O Capital Integralizado é de R$ 187.500,00.

  • 4. 
    Os registros e lançamentos contábeis realizados na Contabilidade de uma Sociedade Empresária provocam alterações e modificações nos principais grupos de contas do Patrimônio. A partir de algumas transações e operações ocorridas no Patrimônio no mês de abril de 2018, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) O pagamento de uma despesa de salários de empregados do mês anterior, no dia 05 do mês seguinte, diminui o Ativo e o Passivo Exigível e não gera nenhuma mudança no Patrimônio Líquido. ( ) A compra de ações da própria empresa, à vista, diminui o Ativo, não afeta o Passivo Exigível e aumenta o Patrimônio Líquido. ( ) A compra a prazo de um Imobilizado altera o Ativo, altera o Passivo Exigível e aumenta o Patrimônio Líquido. A sequência está correta em
    • A. 

      F, F, V.

    • B. 

      F, V, F.

    • C. 

      V, F, F.

    • D. 

      V, V, F.

  • 5. 
    Analise as afirmativas a seguir. · No exercício social de 20X3, a Companhia Beta S.A. apresentou lucro líquido de R$ 280.000,00. Parte desse lucro líquido, ou seja, 37,5%, foi obtido por meio de uma operação de venda de mercadorias para a Companhia Alfa S.A. No encerramento do exercício social de 20X3, todas as mercadorias adquiridas nessa operação de venda ainda constavam no estoque da Companhia Alfa S.A. · A Companhia Alfa S.A. detém 25% de participação no capital social da Companhia Beta S.A., sendo este o único investimento da Companhia Alfa S.A. em outras sociedades. Com essa participação, a Companhia Alfa S.A. exerce influência significativa sobre a Companhia Beta S.A., mesmo sem controlá-la. · A Companhia Alfa S.A. não é controlada (individualmente ou em conjunto) e não sofre influência significativa de outras companhias. Considerando as informações apresentadas e o que dispõe a Norma Brasileira de Contabilidade ITG 09 (R1) –Demonstrações contábeis individuais, demonstrações separadas, demonstrações consolidadas e aplicação do método da equivalência patrimonial, no encerramento de 20X3, pode-se afirmar que:
    • A. 

      O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 210.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 78.750,00.

    • B. 

      O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 175.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 70.000,00.

    • C. 

      O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 210.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 52.500,00.

    • D. 

      O Lucro Líquido Ajustado para fins de equivalência patrimonial é R$ 175.000,00 e o Resultado da Equivalência Patrimonial é R$ 43.750,00.

  • 6. 
    Os seguintes dados foram obtidos em uma Demonstração do Valor Adicionado (DVA) referente ao exercício social de uma entidade do setor de bens industriais encerrado em 31/12/20X3. Com base somente nos dados apresentados e considerando a Resolução CFC nº 1.138/08, que aprova a Norma Brasileira de Contabilidade NBC TG 09 – Demonstração do Valor Adicionado, o Valor Adicionado Líquido Produzido e o Valor Adicionado Total a Distribuir pela entidade são, respectivamente:
    • A. 

      R$ 10.000.000 e R$ 8.600.000

    • B. 

      R$ 18.900.000 e R$ 8.600.000

    • C. 

      R$ 8.600.000 e R$ 18.900.000

    • D. 

      R$ 10.000.000 e R$ 18.900.000

  • 7. 
    Uma empresa que fabrica e vende produtos farmacêuticos apresentou, em 2018, um aumento no fluxo de caixa consumido pela atividade de investimento. Assinale um possível motivo para tal aumento, de acordo com a NBC TSP 12 – Demonstração dos Fluxos de Caixa.
    • A. 

      Pagamento de impostos e multas.

    • B. 

      Pagamento de dividendos a seus acionistas.

    • C. 

      Compra de debêntures emitidas por uma companhia aberta brasileira.

    • D. 

      Amortização de empréstimos que foram contraídos com instituição financeira.

  • 8. 
    A Cia Gama foi acionada judicialmente por um antigo empregado, que reclama não ter recebido os valores devidos relativos a férias e pede R$ 20.000,00 da empresa. O advogado da Cia Gama julga que o risco de perda na Justiça é provável. Assinale o tratamento contábil nesse caso, com base na NBC TG 25 (R2) – Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes.
    • A. 

      Reconhecimento de ativo contingente.

    • B. 

      Reconhecimento de passivo contingente.

    • C. 

      Reconhecimento de reserva para contingência.

    • D. 

      Reconhecimento de provisão para contingência.

  • 9. 
    A Companhia Siderúrgica “A”, ao encerrar o exercício social de 20X1, apresentou o valor de R$ 2.750.000,00 referente ao lucro atribuível aos titulares de suas ações ordinárias. Com o objetivo de mensurar o resultado básico por ação no exercício social de 20X1, a Companhia Siderúrgica “A” levantou os seguintes dados sobre suas ações ordinárias. Com base somente nas informações apresentadas e considerando a NBC TG 41 (R2) – Resultado por ação, assinale a alternativa que evidencia o valor mais próximo do resultado básico por ação atribuível aos titulares de ações ordinárias da Sociedade Empresária “A” no encerramento do exercício social de 20X1. Considere o exercício social de 20X1 com 365 dias e que ações em tesouraria são instrumentos patrimoniais readquiridos e mantidos pela própria entidade.
    • A. 

      R$ 152,00

    • B. 

      R$ 161,00

    • C. 

      R$ 200,00

    • D. 

      R$ 343,00

  • 10. 
    De acordo com a NBC TG 01 (R4), a Companhia G & F S.A. possui em seu ativo imobilizado uma máquina que, com o passar do tempo, verificou-se perda do valor de mercado e também de desempenho econômico. Diante disso, decidiu-se calcular o valor da possível redução ao valor recuperável desse ativo, de acordo com os dados a seguir:
    • Valor Contábil da Máquina – R$ 425.000,00;
    • Valor em Uso da Máquina – R$ 414.800,00;
    • Valor Justo da Máquina – R$ 415.000,00; e,
    • Gastos para colocar a Máquina à Venda – R$ 35.000,00.
    Nesse contexto, a perda por desvalorização a ser reconhecida é de:
    • A. 

      R$ 10.000,00

    • B. 

      R$ 10.200,00

    • C. 

      R$ 45.000,00.

    • D. 

      R$ 45.200,00.

  • 11. 
    O art. 176 da Lei nº 6.404/1976 estabelece que “ao fim de cada exercício social, a diretoria fará elaborar, com base na escrituração mercantil da companhia, as seguintes demonstrações financeiras, que deverão exprimir com clareza a situação do patrimônio da companhia e as mutações ocorridas no exercício […]” (BRASIL, 1976). Dentre essas demonstrações, é listada a demonstração do valor adicionado, aplicável às companhias abertas. A Demonstração do Valor Adicionado pode ser utilizada como ferramenta gerencial que serve para informar o usuário da informação contábil do(a)(s)
    • A. 

      Contas de depreciação, correspondentes à perda do valor dos direitos que têm por objeto bens físicos sujeitos a desgaste ou perda de utilidade por uso, ação da natureza ou obsolescência.

    • B. 

      Saldo inicial do período e os ajustes de exercícios anteriores; as reversões de reservas e o lucro líquido do exercício; as transferências para reservas, dividendos, parcela de lucros incorporada ao capital e saldo final do exercício.

    • C. 

      Alterações ocorridas, durante o exercício, no saldo de caixa e equivalentes de caixa, uma vez que apresenta a capacidade de a entidade gerar caixa e equivalentes de caixa, bem como as necessidades da utilização desses fluxos.

    • D. 

      índice de avaliação do desempenho na geração da riqueza, ao medir a eficiência na utilização dos fatores de produção; e do desempenho social, ao demonstrar na distribuição da riqueza gerada a participação dos elementos que contribuíram para sua geração.

  • 12. 
    De acordo com a Lei nº 5172/1966 (Código Tributário Nacional), em seu art. 113, as obrigações tributárias se dividem entre principais e acessórias. Dentre as listadas a seguir, todas são obrigações acessórias, EXCETO:
    • A. 

      Pagamento do tributo devido.

    • B. 

      Preparação e envio das declarações exigidas pelo Fisco.

    • C. 

      Escrituração das operações de circulação de mercadoria.

    • D. 

      Emissão da nota fiscal de venda de mercadoria ou serviço.

  • 13. 
    O crédito tributário representa o direito de crédito da Fazenda Pública perante o contribuinte ou o responsável a pagar o tributo. O Código Tributário Nacional define as hipóteses de extinção, suspensão e exclusão do crédito tributário. Qual dos meios a seguir NÃO acarreta em extinção da exigibilidade do crédito tributário?
    • A. 

      Pagamento.

    • B. 

      Parcelamento.

    • C. 

      Compensação.

    • D. 

      Decisão judicial passada em julgado.

  • 14. 
    À luz da NBC TG Estrutura Conceitual, mensuração é o processo que consiste em determinar os montantes monetários por meio dos quais os elementos das demonstrações contábeis devem ser reconhecidos e apresentados no balanço patrimonial e na demonstração do resultado. Esse processo envolve a seleção da base específica de mensuração. Ainda, segundo a norma, um número variado de bases de mensuração é empregado em diferentes graus e em variadas combinações nas demonstrações contábeis. Sobre este assunto, analise as afirmativas a seguir, marque V para as verdadeiras e F para as falsas. ( ) Custo histórico. Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que teriam de ser pagos se esses mesmos ativos ou ativos equivalentes fossem adquiridos na data do balanço. Os passivos são reconhecidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera seriam necessários para liquidar a obrigação na data do balanço. ( ) Custo corrente. Os ativos são registrados pelos montantes pagos em caixa ou equivalentes de caixa ou pelo valor justo dos recursos entregues para adquiri-los na data da aquisição. Os passivos são registrados pelos montantes dos recursos recebidos em troca da obrigação ou, em algumas circunstâncias (como, por exemplo, imposto de renda), pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações. ( ) Valor realizável (valor de realização ou de liquidação). Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que poderiam ser obtidos pela sua venda em forma ordenada. Os passivos são mantidos pelos seus montantes de liquidação, isto é, pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera serão pagos para liquidar as correspondentes obrigações no curso normal das operações. ( ) Valor presente. Os ativos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de entradas líquidas de caixa que se espera seja gerado pelo item no curso normal das operações. Os passivos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de saídas líquidas de caixa que se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações. A sequência está correta em
    • A. 

      F, F, F, F.

    • B. 

      F, F, V, V.

    • C. 

      F, V, V, V.

    • D. 

      V, V, V, V.

  • 15. 
    A empresa Fabrica por Processos PM S/A, em 01/01/2019, apresentou as seguintes informações contábeis em suas contas de estoque:
    • Estoque com material direto R$80.000,00
    • Estoque de produtos acabados (50 unidades) R$120.000,00
    Ademais, durante o mês de janeiro de 2019, a empresa supracitada apresentou os seguintes gastos:
    • Mão de obra da fábrica 100.000,00
    • Depreciação das máquinas de produção 40.000,00
    • Pessoal administrativo 50.000,00
    • Propaganda 15.000,00
    • Material direto 60.000,00
    Durante o mês de janeiro de 2019, foi iniciada a produção de 100 unidades de seu único produto; porém, apenas 40 unidades foram acabadas. Além disso, nenhuma unidade foi vendida no período. É importante destacar que todo o material direto necessário para a produção das 100 unidades já foi alocado no início da produção, tanto as unidades acabadas quanto as unidades em elaboração. No que se refere à alocação dos demais custos, o processo de fabricação das 60 unidades ainda em elaboração se encontra em um estágio de 50% de acabamento. Por fim, informa-se que a empresa utiliza o custeio por absorção. Diante do exposto, é correto afirmar que:
    • A. 

      O custo dos produtos acabados em janeiro de 2019 foi inferior a R$ 100.000,00.

    • B. 

      O custo total de produção da empresa em janeiro de 2019 foi superior a R$ 250.000,00.

    • C. 

      O saldo de estoque de produtos em elaboração no final do mês de janeiro de 2019 foi superior a R$ 100.000,00.

    • D. 

      O saldo final do estoque de produtos acabados da empresa no final do mês de janeiro de 2019 foi superior a R$ 200.000,00.

  • 16. 
    Em relação ao sistema de acumulação de custos por ordem de produção (custeio de ordens e de encomendas), analise as afirmativas a seguir. I. Sua escolha para uso em uma empresa está atrelada à forma de a mesma trabalhar e à conveniência contábil-administrativa. II. Os custos são acumulados em contas representativas das diferentes linhas de produção. III. O conceito de equivalência de produção é muito importante para a sua correta aplicação. IV. Não pode ser empregado com o custeio por absorção. Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)
    • A. 

      I.

    • B. 

      I e II.

    • C. 

      II e III.

    • D. 

      II, III e IV.

  • 17. 
    Uma indústria apresentou a seguinte relação contendo seus custos e despesas em um determinado período. Observe nas informações abaixo. O custo de fabricação, o custo primário e o custo de transformação têm, respectivamente, os valores de:
    • A. 

      R$ 930.000,00; R$ 642.000,00; R$ 580.000,00.

    • B. 

      R$ 930.000,00; R$ 642.000,00; R$ 616.000,00.

    • C. 

      R$ 966.000,00; R$ 630.000,00; R$ 580.000,00.

    • D. 

      R$ 966.000,00; R$ 630.000,00; R$ 616.000,00.

  • 18. 
    A Sociedade Empresária “A” produz um único produto e sua produção atual está em 80% de sua capacidade total. Toda essa produção já foi contratada para ser vendida ao preço de R$ 1,00 por unidade para a Sociedade Empresária “B”. A Sociedade Empresária “C” mostrou-se interessada em adquirir 10.000 unidades do produto da Sociedade Empresária “A”, mas se o preço de venda fosse de R$ 0,60 por unidade. Sabe-se que os custos de produção da Sociedade Empresária “A” – independentemente de aceitar ou não a proposta de “C” – são caracterizados da seguinte maneira: Custo Fixo total R$ 25.000,00 e Custo Variável R$ 0,50 por unidade. Outra informação relevante é que a capacidade total de produção da Sociedade Empresária “A” é de 100.000 unidades. Se a Sociedade Empresária “A” aceitar a proposta da Sociedade Empresária “C”, a margem de contribuição total após o incremento de 10.000 unidades na produção atual será de
    • A. 

      R$ 40.000,00.

    • B. 

      R$ 41.000,00.

    • C. 

      R$ 65.000,00.

    • D. 

      R$ 70.000,00.

  • 19. 
    A Sociedade Empresária “A” é do setor de varejo e comercializa suas centenas de produtos com uma garantia segundo a qual os clientes estarão cobertos pelo custo da reparação de qualquer defeito de fabricação que se tornar evidente dentro do primeiro ano após a compra. A experiência passada da Sociedade Empresária “A” e as expectativas futuras indicam que, para o próximo ano, dos seus produtos vendidos, 60% não apresentarão defeitos, 30% apresentarão defeitos menores e 10% apresentarão defeitos maiores. Outras informações: A Sociedade Empresária “A” irá incorrer:
    • Em custos de reparação de R$ 800.000,00, caso sejam detectados defeitos menores em todos os seus produtos vendidos.
    • Em custos de reparação de R$ 1.500.000,00, caso sejam detectados defeitos maiores em todos os produtos vendidos.
    Considerando-se apenas as informações apresentadas e a NBC TG 25 (R2) – Provisões, passivos contingentes e ativos contingentes, assinale o valor esperado do custo das reparações que a Sociedade Empresária “A” reconheceria como provisão. Admita que os valores dos custos de reparação, caso sejam detectados defeitos, e as probabilidades associadas aos possíveis desfechos, foram determinados pelo julgamento da Sociedade Empresária “A”, complementado pela experiência de transações semelhantes somado aos relatórios de peritos independentes. Ainda, admita que os critérios para reconhecimento da provisão foram atendidos conforme determina a NBC TG 25 (R2).
    • A. 

      R$ 390.000,00

    • B. 

      R$ 530.000,00

    • C. 

      R$ 920.000,00

    • D. 

      R$ 2.300.000,00

  • 20. 
    Em 20X1 a Sociedade Empresária “A” adquiriu, por R$ 1.000.000,00, o direito de explorar a marca comercial (registrada) ABC. O direito de exploração dessa marca foi estipulado em contrato e tem vigência de 10 anos. A Sociedade Empresária “A” não pretende renovar o contrato e julga que o método de amortização linear reflete o padrão de consumo pela entidade dos benefícios econômicos futuros esperados com a exploração da marca. Com base somente nessas informações e, considerando-se a NBC TG 04 (R4) – Ativo intangível, assinale a seguir a alternativa que evidencia o valor contábil de amortização acumulada da marca comercial ABC que estará reconhecido no Balanço Patrimonial da Sociedade Empresária “A” ao encerrar o exercício social de 20X1. Admita que não há valor residual e que a marca estava disponível para uso em 01/01/20X1, momento em que a Sociedade Empresária “A” iniciou a exploração.
    • A. 

      R$ 8.300,00

    • B. 

      R$ 100.000,00

    • C. 

      R$ 200.000,00

    • D. 

      R$ 1.000.000,00

  • 21. 
    Determinada empresa de mineração explora as jazidas de sua propriedade e anualmente registra uma perda que corresponde ao decréscimo de valor dessas reservas minerais. De acordo com a Lei nº 6404/1976 e suas alterações, essa perda denomina-se:
    • A. 

       Exaustão.

    • B. 

      Depreciação.

    • C. 

      Amortização.

    • D. 

      Reserva de reavaliação.

  • 22. 
    Uma empresa apresentou os seguintes Balanços Patrimoniais encerrados em 31/12/20X0 e 31/12/20X1. Considerando apenas os dados apresentados, assinale a alternativa correta.
    • A. 

      O Capital de Giro Líquido diminuiu em R$ 332.000,00 de 20X0 para 20X1.

    • B. 

      O Capital de Giro Líquido aumentou em R$ 108.000,00 de 20X0 para 20X1.

    • C. 

      A Necessidade de Capital de Giro aumentou em R$ 440.000,00 de 20X0 para 20X1.

    • D. 

      A Necessidade de Capital de Giro aumentou em R$ 1.200.000,00 de 20X0 para 20X1.

  • 23. 
    Uma Sociedade Empresária de comércio varejista apresentou nos meses de janeiro a março de 2018 as seguintes movimentações de compras, vendas e devoluções de um certo produto em seu estoque: 01 – O saldo em estoque desse produto em 31/12/2017 era 250 unidades a R$ 3,00 cada. 02 – Em 10 de janeiro foram vendidas 80 unidades pelo valor de R$ 416,00. 03 – Em 15 de janeiro foram vendidas 100 unidades pelo valor de R$ 480,00. 04 – Em 28 de janeiro foram compradas 300 unidades a R$ 4,48 cada. 05 – Em 10 de fevereiro foram vendidas 150 unidades pelo valor total de R$ 750,00. (Não considere tributos incidentes nas operações.) (Não considere tributos incidentes nas operações.) Considere que a Sociedade Empresária adota o método da Média Ponderada Móvel, para controle e avaliação do estoque de seus produtos, em 28 de fevereiro de 2018. Em relação a esse produto, é correto afirmar que o valor total em estoque, o somatório do CMV e o somatório da receita bruta são, respectivamente:
    • A. 

      R$ 660,00; R$ 924,00; e, R$ 1.170,00.

    • B. 

      R$ 924,00; R$ 990,00; e, R$ 1.646,00.

    • C. 

      R$ 1.170,00; R$ 924,00; e, R$ 1.646,00.

    • D. 

      R$ 924,00; R$ 1.170,00; e, R$ 1.646,00.

  • 24. 
    Uma empresa comercial comprou 100 unidades da mercadoria “X” por um valor total de R$ 8.000,00 em 01/08/X1. Em 15/08/X1 vendeu 50 unidades dessa mercadoria pelo valor R$ 100,00 cada. Em 20/08/X1 adquiriu mais 50 unidades da mesma mercadoria pelo valor unitário de R$ 90,00. Sabendo-se que a empresa utiliza o método PEPS para controle de seus estoques e que os valores estão todos já livres de impostos recuperáveis, o valor do CMV apurado no dia 31/08/X1 foi de:
    • A. 

      R$ 4.000,00.

    • B. 

      R$ 5.000,00.

    • C. 

      R$ 8.500,00.

    • D. 

      R$ 12.500,00.

  • 25. 
    De acordo com Iudícibus, Marion e Faria (2009), no começo do século XX presenciou-se a queda da chamada Escola Europeia (mais especificamente a Italiana) e a ascensão da chamada Escola Norte-Americana no mundo contábil. Em relação às razões que resultaram na ascensão da Escola Norte-Americana, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) Ênfase ao Usuário da Informação Contábil: a Contabilidade é apresentada como algo útil para a tomada de decisões, evitando-se endeusar demasiadamente a contabilidade; atender os usuários é o grande objetivo. ( ) Ênfase à Contabilidade Aplicada: como herança dos ingleses e transparência para os investidores das sociedades anônimas (e outros usuários) nos relatórios contábeis, a auditoria é muito enfatizada. ( ) Ênfase a uma Contabilidade Teórica: principalmente à Contabilidade Gerencial. Ao contrário dos europeus, não havia uma preocupação com a teoria das contas, ou querer provar que a Contabilidade é uma ciência. ( ) Universidades em busca de qualidade: grandes quantias para as pesquisas no campo contábil, o professor em dedicação exclusiva e o aluno em período integral valorizavam o ensino nos Estados Unidos. A sequência está correta em
    • A. 

      V, F, F, V.

    • B. 

      V, V, V, V.

    • C. 

      F, V, V, F.

    • D. 

      F, F, F, F.

Back to Top Back to top