Exame Final Hábitos II

109 Questes | Total Attempts: 867

SettingsSettingsSettings
Please wait...
Exame Final Hábitos II

Compilação de todas as Perguntas dos anos: 2010/2011 2011/2012 ps: não coloquei as de terceiro ano Autor: -Adriano Gonçalo Santos (2011/2012)


Questions and Answers
  • 1. 
    O que pode influenciar um comportamento saudável ? (2011/2012)
    • A. 

      Variável demográfica

    • B. 

      Fator situacional

    • C. 

      Perceção de sintomas

    • D. 

      Todas as anteriores

  • 2. 
    O modelo biopsicossoal da saúde é um modelo conceitual que propõe: (2011/2012)
    • A. 

      Apenas as variáveis biológicas determinam o estado de doença.

    • B. 

      O tratamento não deve compreender uma abordagem multidisciplinar.

    • C. 

      Os fatores sociais, psicológicos, biológicos, comportamento e emoções devem ser devem ser considerados simultaneamente.

    • D. 

      A dor é apenas vista como uma consequência de um qualquer desequilíbrio físico.

  • 3. 
    A resiliência em crianças implica: (2011/2012)
    • A. 

      Capacidade de resolução de problemas, competências sociais e elevada tolerância à frustração.

    • B. 

      Falta de afetos.

    • C. 

      Sentido de autonomia, de auto-eficácia, e de estratégias de “coping”.

    • D. 

      Alineas a) e c)

  • 4. 
    Quais destes podem ser fatores de resiliência? (2011/2012)
    • A. 

      Rede social ineficaz, estrutura familiar funcional e melhor auto-estima.

    • B. 

      Perceção do controlo, competências sociais e estrutura familiar funcional.

    • C. 

      Baixa auto-estima, cognição pouco desenvolvida e rede social eficaz.

    • D. 

      Ambiente social caloroso, poucas competências sociais, auto-estima.

    • E. 

      Nenhuma das anteriores.

  • 5. 
    Constitui uma desvantagem dos modelos da Cognição Social: (2011/2012)
    • A. 

      Não especificar quais as estratégias a utilizar na mudança de cognições.

    • B. 

      Fornecer uma base teórica para a investigação.

    • C. 

      Definir objetivos para a mudança de comportamentos.

    • D. 

      Não prestar atenção às variáveis relacionadas com a vontade para mudar comportamentos.

    • E. 

      Alíneas a) e d).

  • 6. 
    Os comportamentos de saúde, entre outros aspectos, dependem de: (2011/2012)
    • A. 

      Acessibilidade aos Serviços de Saúde

    • B. 

      Atitudes face aos Serviços de Saúde

    • C. 

      Percepção das ameaças à saúde

    • D. 

      Factores demográficos

    • E. 

      Todas as anteriores

  • 7. 
    Dos fatores que influenciam o comportamento alimentar, qual aquele que NÃO é externo, ou seja, que é interno: (2011/2012)
    • A. 

      Família

    • B. 

      Modas Alimentares

    • C. 

      Auto conceito

    • D. 

      Comida rápida

    • E. 

      Experiências pessoais

  • 8. 
    O conceito de Coping (confronto psicológico) foi definido por Lazarus & Folkman (1984) como um “conjunto de esforços, cognitivos e comportamentais, utilizado pelos indivíduos com o objectivo de lidar com desafios específicos, internos ou externos, que surgem em situações de stress”. (2011/2012) Quantas são as suas dimensões?
    • A. 

      1

    • B. 

      2

    • C. 

      3

    • D. 

      4

    • E. 

      5

  • 9. 
    Qual destes é um factor interno que influencia o comportamento alimentar: (2011/2012)
    • A. 

      Significado dos alimentos;

    • B. 

      Comportamento alimentar dos progenitores;

    • C. 

      Comida rápida;

    • D. 

      Família.

  • 10. 
    A OMS definiu em 1948 a saúde como: (2011/2012)
    • A. 

      Um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não consiste apenas na ausência de doença ou de enfermidade;

    • B. 

      Apenas a ausência de doença;

    • C. 

      Fazer exercício físico todos os dias;

    • D. 

      Estar feliz com a própria vida.

  • 11. 
    A resiliência é: (2011/2012)
    • A. 

      Capacidade do indivíduo para uma adaptação bem sucedida, funcionamento positivo ou competência na presença de situações adversas, envolvendo múltiplos riscos e ameaças internas e externas;

    • B. 

      Resignar-se com acontecimentos menos positivos entrando num estado de depressão;

    • C. 

      A falta de capacidade de ultrapassar acontecimentos traumáticos;

    • D. 

      Entrar em pânico quando confrontado com um problema.

  • 12. 
    Relativamente à prevenção, assinala a opção correta: (2011/2012)
    • A. 

      A prevenção primária baseia-se na reabilitação;

    • B. 

      Na prevenção primária criam-se estratégias que visam impedir a ocorrência de uma doença;

    • C. 

      Na prevenção terciária o mais importante é diminuir o estado da doença.

    • D. 

      O objectivo principal da prevenção primária é promover as mudanças de comportamentos e de estilo de vida.

    • E. 

      Alíneas b) e d)

  • 13. 
    A capacidade do indivíduo para uma adaptação bem sucedida, funcionamento positivo ou competência na presença de situações adversas, envolvendo múltiplos riscos e ameaças internas e externas, ou capacidade de recuperação após uma experiência traumática prolongada. Define-se por: (2011/2012)
    • A. 

      Resistência

    • B. 

      Resiliência

    • C. 

      Adaptação

    • D. 

      Vulnerabilidade

    • E. 

      Coping

  • 14. 
    Qual destes Não é factor de Resiliência: (2011/2012)
    • A. 

      Família: Estrutura familiar funcional

    • B. 

      Ambiente social caloroso

    • C. 

      Melhor desenvolvimento físico

    • D. 

      Melhor auto-estima

    • E. 

      Competências sociais

  • 15. 
    O conjunto de esforços, cognitivos e comportamentais, utilizado pelos indivíduos com o objectivo de lidar com desafios específicos, internos ou externos, que surgem em situações de stress, define-se por: (2011/2012)
    • A. 

      Resistência

    • B. 

      Resiliência

    • C. 

      Adaptação

    • D. 

      Vulnerabilidade

    • E. 

      Coping

  • 16. 
    Relativamente aos determinantes do comportamento saudável, estes NÃO incluem: (2011/2012)
    • A. 

      Variáveis demográficas

    • B. 

      Fatores situacionais

    • C. 

      Perceção de sintomas

    • D. 

      Atitudes

    • E. 

      Nenhuma das anteriores

  • 17. 
    O desenvolvimento das atitudes das crianças não é influenciado por: (2011/2012)
    • A. 

      Mass media

    • B. 

      Pais e familiares

    • C. 

      Colegas e sociedade

    • D. 

      Nenhuma das anteriores

  • 18. 
    Quais os fatores que têm um papel inequívoco na socialização das atitudes das crianças e jovens relativas ao estilo de vida: (2011/2012)
    • A. 

      Unicamente os familiares

    • B. 

      Os mass media, principalmente a rádio

    • C. 

      Pais, familiares e colegas de escola

    • D. 

      Somente a escola

  • 19. 
    Qual destes não pode ser um papel dos pais para promover a saúde dos seus filhos? (2011/2012)
    • A. 

      Os pais podem e devem funcionar como modelos para as crianças (aprendizagem social)

    • B. 

      Os pais têm atitudes em relação aos filhos que determinarão o seu comportamento (Ex.: Praticar uma boa alimentação para toda a família)

    • C. 

      Podem obrigar a escola a cozinhar comidas especiais para o filho (ex.: Sem um ingrediente especifico)

    • D. 

      Pode informar o filho sobre o que pode fazer para se manter saudável

  • 20. 
    Dos seguintes, não pode ser um determinante psicológico do comportamento alimentar: (2011/2012)
    • A. 

      As crenças

    • B. 

      A família

    • C. 

      O estilo de vida

    • D. 

      Auto-estima

  • 21. 
    Relativamente ao comportamento alimentar escolha a opção errada: (2011/2012)
    • A. 

      A familia, o grupo de pertença e a comunidade fazem parte dos determinantes psicossociais do comportamento alimentar.

    • B. 

      O sistema cultural, a familia e a auto-estima são determinantes psicológicos do comportamento alimentar.

    • C. 

      A informação sobre os nutrimentos e os sentimentos e contextos associados influenciam o comportamento alimentar.

    • D. 

      A imagem corporal, o estado de saúde, e as necessidades fisiológicas constituem factores internos que podem influenciar o comportamento alimentar.

    • E. 

      Os meios de comunicação, experiências pessoais e modas alimentares podem determinar o comportamento alimentar.

  • 22. 
    Para a prevenção de ocorrem doenças, existem várias etapas, sendo que a prevenção primária consiste: (2011/2012)
    • A. 

      Na reabilitação, com o objectivo de reduzir os efeitos da doença.

    • B. 

      Em tratamentos, estratégias curativas.

    • C. 

      Em estratégias que visam o impedimento de ocorrer uma doença.

    • D. 

      Em diminuir o estado da doença.

  • 23. 
    Qual destes não pode ser um papel dos pais para promover a saúde dos seus filhos? (2011/2012)
    • A. 

      Os pais podem e devem funcionar como modelos para as crianças (aprendizagem social)

    • B. 

      Os pais têm atitudes em relação aos filhos que determinarão o seu comportamento (Ex.: Praticar uma boa alimentação para toda a família)

    • C. 

      Podem obrigar a escola a cozinhar comidas especiais para o filho (ex.: Sem um ingrediente especifico)

    • D. 

      Pode informar o filho sobre o que pode fazer para se manter saudável

  • 24. 
    O processo de ação para a saúde (Schwarzer, 1995) envolve 3 fases de ação: (2011/2012)
    • A. 

      Perceção do risco, expetativas, autoeficácia

    • B. 

      Iniciativa, manutenção, autoeficácia

    • C. 

      Planeamento, perceção do risco, autoeficácia

    • D. 

      Iniciativa, manutenção, recuperação

  • 25. 
    O processo de ação para a saúde (Schwarzer, 1995) dá grande importância: (2011/2012)
    • A. 

      Planeamento

    • B. 

      Autoeficácia

    • C. 

      Perceção do risco

    • D. 

      Intenção