Renascimento Cultural

8 Questűes

Settings
Please wait...
Renascimento Cultural

Questions and Answers
  • 1. 
    (Unicamp 2013)  Alexandre von Humboldt (1769-1859) foi um cientista que analisou o processo das descobertas marítimas do século XVI, classificando-o como um avanço científico ímpar. A descoberta do Novo Mundo foi marcante porque os trabalhos realizados para conhecer sua geografia tiveram incontestável influência no aperfeiçoamento dos mapas e nos métodos astronômicos para determinar a posição dos lugares. Humboldt constatou a importância das viagens imputando-lhes valor científico e histórico.   (Adaptado de H. B. Domingues, “Viagens científicas: descobrimento e colonização no Brasil no século XIX”, em Alda Heizer e Antonio A. Passos Videira, Ciência, Civilização e Império nos trópicos. Rio de Janeiro: Acess Editora, 2001, p. 59.)   Assinale a alternativa correta. 
    • A. 

      O tema dos descobrimentos relaciona-se ao estudo da inferioridade da natureza americana, que justificava a exploração colonial e o trabalho compulsório.

    • B. 

      Humboldt retoma o marco hist√≥rico dos descobrimentos e das viagens mar√≠timas e reconhece suas contribui√ß√Ķes para a expans√£o do conhecimento cient√≠fico.

    • C. 

      Os conhecimentos anteriores √†s proposi√ß√Ķes de Galileu foram preservados nos mapas, m√©todos astron√īmicos e conhecimentos geogr√°ficos do mundo resultantes dos descobrimentos.

    • D. 

      Os descobrimentos tiveram grande repercuss√£o no mundo contempor√Ęneo por estabelecer os par√Ęmetros religiosos e sociais com os quais se explica o processo da independ√™ncia nas Am√©ricas.

  • 2. 
    (Upe 2013)  Analise a imagem a seguir: O quadro O nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli, é uma das grandes realizações da arte renascentista. Sobre essa obra e seu contexto histórico, assinale a alternativa CORRETA. 
    • A. 

      A temática pagã da obra, baseada na mitologia greco-romana, constituiu-se numa ousadia que destoava do restante da produção artística do Renascimento.

    • B. 

      A nudez representada no quadro também aparece em obras de outros artistas da época, como Michelangelo.

    • C. 

      Botticelli, personagem s√≠mbolo do ideal humanista, tamb√©m foi arquiteto, engenheiro, m√ļsico e poeta.

    • D. 

      O nascimento de Vênus, assim como a Última Ceia de Da Vinci, é uma pintura de temática bíblica.

    • E. 

      Botticelli destacou-se por sua produção em escultura.

  • 3. 
    (Ufrn 2013)  Os historiadores fazem distinção entre o período medieval e a modernidade na Europa Ocidental. As imagens a seguir evidenciam essa nova concepção de mundo, característica da modernidade.  Essas imagens remetem a aspectos da mentalidade do mundo moderno, que era caracterizado 
    • A. 

      Pela reafirmação da visão aristotélica do universo e do homem, afirmando um padrão de círculos perfeitos no movimento dos astros.

    • B. 

      Pela subordinação à visão clerical, que valorizava a iluminação divina para chegar à verdade sobre o homem, a mais perfeita realização de Deus.

    • C. 

      Por um esquema do universo baseado no modelo heliocêntrico e por uma exaltação das capacidades humanas para chegar à verdade.

    • D. 

      Por um ideal que partia da valorização do homem e, por consequência, via a Terra como centro do universo.

  • 4. 
    Pucrs 2013)  A renovação literária que se verifica no norte da Itália no século XIV, com as obras de Dante Alighieri (1265-1321), Francesco Petrarca (1304-1374) e Giovani Boccaccio (1313-1375), é considerada um marco para o chamado Renascimento Cultural. Produzindo obras de transição para a cultura renascentista, esses autores NÃO  
    • A. 

      Glorificavam as conquistas humanas.

    • B. 

      Utilizavam uma linguagem popular.

    • C. 

      Ironizavam a moral corrente.

    • D. 

      Criticavam a cultura medieval.

    • E. 

      Ignoravam a tem√°tica religiosa.

  • 5. 
    (Unesp 2013)  Podemos afirmar que as obras A divina comédia, escrita por Dante Alighieri no início do século XIV, e Dom Quixote, escrita por Miguel de Cervantes no início do século XVII, 
    • A. 

      Parodiaram as novelas de cavalaria e defenderam a hegemonia da Igreja Católica e da aristocracia, respectivamente.

    • B. 

      Derivaram de registros orais e foram apenas organizadas e sistematizadas na escrita de seus autores.

    • C. 

      Contribuíram para a unificação e o estabelecimento da forma moderna dos idiomas italiano e espanhol.

    • D. 

      Assumiram forte conotação anticlerical e intensificaram as críticas renascentistas à conduta e ao poder da Igreja Católica.

    • E. 

      Retrataram o imaginário da burguesia comercial ascendente na Itália e na Espanha do final da Idade Média.

  • 6. 
    (Uel 2012)   Com base nos conhecimentos sobre a pintura no período do Renascimento e na obra de Sandro Botticelli considere as afirmativas a seguir.   I. Há, nessa obra renascentista, a preocupação com o naturalismo, a proporção e o efeito de profundidade, sendo o pintor florentino Sandro Botticelli um dos principais representantes do Quattrocento. II. Essa obra marca o início da Arte Moderna na Itália ao retratar o conflito entre o homem e a natureza, expresso na ação do vento que afeta os principais elementos da composição. III. Essa obra tem como temática um episódio mitológico que aborda o nascimento de uma deusa, apresentando a movimentação do ar como um importante elemento para expressar leveza. IV. O Renascimento é um período histórico caracterizado pelo teocentrismo e a obra O Nascimento de Vênus é emblemática por apresentar o sopro divino como temática da composição.   Assinale a alternativa correta.
    • A. 

      Somente as afirmativas I e II s√£o corretas.

    • B. 

      Somente as afirmativas I e III s√£o corretas.

    • C. 

      Somente as afirmativas III e IV s√£o corretas.

    • D. 

      Somente as afirmativas I, II e IV s√£o corretas.

    • E. 

      Somente as afirmativas II, III e IV s√£o corretas.

  • 7. 
    (Unesp 2012)  Os centros artísticos, na verdade, poderiam ser definidos como lugares caracterizados pela presença de um número razoável de artistas e de grupos significativos de consumidores, que por motivações variadas — glorificação familiar ou individual, desejo de hegemonia ou ânsia de salvação eterna — estão dispostos a investir em obras de arte uma parte das suas riquezas. Este último ponto implica, evidentemente, que o centro seja um lugar ao qual afluem quantidades consideráveis de recursos eventualmente destinados à produção artística. Além disso, poderá ser dotado de instituições de tutela, formação e promoção de artistas, bem como de distribuição das obras. Por fim, terá um público muito mais vasto que o dos consumidores propriamente ditos: um público não homogêneo, certamente (...).   (Carlo Ginzburg. A micro-história e outros ensaios, 1991.)   Os “centros artísticos” descritos no texto podem ser identificados 
    • A. 

      Nos mosteiros medievais, onde se valorizava especialmente a arte sacra.

    • B. 

      ) nas cidades modernas, onde floresceu o Renascimento cultural.

    • C. 

      Nos centros urbanos romanos, onde predominava a escultura gótica.

    • D. 

      Nas cidades-estados gregas, onde o estilo d√≥rico era hegem√īnico.

    • E. 

      Nos castelos senhoriais, onde prevalecia a arquitetura rom√Ęnica.

  • 8. 
    (Unicamp 2012)  De uma forma inteiramente inédita, os humanistas, entre os séculos XV e XVI, criaram uma nova forma de entender a realidade. Magia e ciência, poesia e filosofia misturavam-se e auxiliavam-se, numa sociedade atravessada por inquietações religiosas e por exigências práticas de todo gênero.   (Adaptado de Eugenio Garin, Ciência e vida civil no Renascimento italiano. São Paulo: Ed. Unesp, 1994, p. 11.)   Sobre o tema, é correto afirmar que: 
    • A. 

      ) O pensamento humanista implicava a total recusa da existência de Deus nas artes e na ciência, o que libertava o homem para conhecer a natureza e a sociedade.

    • B. 

      A mistura de conhecimentos das mais diferentes origens - como a magia e a ci√™ncia - levou a uma instabilidade imprevis√≠vel, que lan√ßou a Europa numa onda de obscurantismo que apenas o Iluminismo p√īde reverter.

    • C. 

      As transforma√ß√Ķes art√≠sticas e pol√≠ticas do Renascimento inclu√≠ram a inspira√ß√£o nos ideais da Antiguidade Cl√°ssica na pintura, na arquitetura e na escultura.

    • D. 

      As inquieta√ß√Ķes religiosas vividas principalmente ao longo do s√©culo XVI culminaram nas Reformas Calvinista, Luterana, Anglicana e finalmente no movimento da Contrarreforma, que defendeu a f√© protestante contra seus inimigos.