E.E.E.F.M BARÃO DE IGARAPÉ MIRI

10 Questes  I  By Luzianelelis
Please take the quiz to rate it.

E.e.e.f.m BarÃo De IgarapÉ Miri
TESTE ON-LINE DE HISTRIA - GRCIA PROFESSOR: MRCIO CORRA

  
Changes are done, please start the quiz.


Questions and Answers

Removing question excerpt is a premium feature

Upgrade and get a lot more done!
  • 1. 
    (PUC-SP) A organização social das várias cidades gregas apresentava traços comuns, tais como:  
    • A. 

      Os trabalhadores livres eram todos assalariados do Estado e destinados aos serviços públicos.

    • B. 

      Os cidadãos que praticavam o comércio e o artesanato adquiriram, em consequência, poder políticos.

    • C. 

      As distinções sociais estavam baseadas na capacidade intelectual e econômica de cada indivíduo;

    • D. 

      A discriminação social reservada aos servos e escravos destinados ao trabalho rural;

    • E. 

      Os cidadãos possuíam sempre maior soma de privilégios políticos, econômicos e sociais.


  • 2. 
     (UNESP) A história política da Grécia, na Antiguidade Clássica, caracterizou-se:
    • A. 

      Por uma organização teocrática;

    • B. 

      Por uma organização imperial;

    • C. 

      Pela existência de cidades-estados (Polis) que atuavam, politicamente, como unidades autônomas;

    • D. 

      Pela alternância de dinastias hegemônicas;

    • E. 

      Por uma federação estável, regida de forma ditatorial;


  • 3. 
     (UCPR) De acordo com o sistema democrático ateniense, quanto ao direito de participação política na Assembléia ou Eclésia, podemos afirmar que:  
    • A. 

      Os eupátridas governavam a cidade.

    • B. 

      O poder político limitava-se à classe dos cidadãos.

    • C. 

      O poder político estava nas mãos de todos o povo.

    • D. 

      Os metecos governavam a cidade.

    • E. 

      Todos os habitantes de Atenas possuíam poderes políticos igualitários.


  • 4. 
    (UNIFORTALEZA) Considere as seguintes proposições: 1-             As leis de Sólon tornaram-se célebres por sua rigidez. 2-             Drácon fez aprovar em Atenas leis de caráter popular. 3-             Clístenes instituiu um tipo de democracia em Atenas. 4-             Os Arcontes eram magistrados que governaram Atenas, após a queda da Monarquia. Marque:
    • A. 

      Se apenas 2 e 3 forem verdadeiras.

    • B. 

      Se todas forem verdadeiras.

    • C. 

      Se apenas 2 e 4 forem verdadeiras.

    • D. 

      Se apenas 3 e 4 forem verdadeiras.


  • 5. 
     (FCCHAGAS-SP) A economia de Esparta tinha como uma de suas características principais o fato de que:
    • A. 

      O trabalho dos periecos sustentava os cidadãos.

    • B. 

      Os hilotas exerciam o domínio dos meios de produção.

    • C. 

      A escravidão foi abolida pelo poder central.

    • D. 

      O comércio era atividade exclusiva dos eupátridas.

    • E. 

      A propriedade das melhores terras era do Estado.


  • 6. 
     Relacionando a sociedade espartana com a sociedade ateniense e levando em    consideração a diversidade que permeia suas relações de trabalho, marque a alternativa que revela uma semelhança entre as duas:  
    • A. 

      Tanto em Atenas quanto em Esparta os trabalhadores tinham uma pequena perspectiva de liberdade, pois, alguns podiam até acumular uma renda com a qual era possível comprar a liberdade, porém, sem cortar todos os vínculos com seu ex-senhor;

    • B. 

      Nas duas cidades, o nascimento também era um elemento definidor das relações de trabalho, pois os filhos também herdavam as condições sociais do pai;

    • C. 

      As condições de vida dos cativos em Atenas e em Esparta eram definidas pelo contexto em que trabalhavam e pelas funções que exerciam, como é o caso dos hilotas que dedicavam-se ao artesanato urbano que tinham uma vida relativamente aprazível;

    • D. 

      Apesar da sua condição de cativo, os escravos de Esparta e Atenas usufruíam de certa proteção do Estado, a exemplo da proteção judicial que recebiam no caso de algum senhor querer reverter seu status de liberto para escravo.


  • 7. 
    Atenas foi considerado o berço do regime democrático no mundo antigo. Sobre o regime democrático ateniense é correto afirmar que:
    • A. 

      Era baseado na eleição de representantes para Assembléias legislativas, que se reuniam uma vez por ano na Àgora, e deliberavam sobre os mais variados assuntos.

    • B. 

      Apenas os homens livres e atenienses eram considerados cidadãos e podiam participar livremente das decisões tomadas nas assembléias da cidade.

    • C. 

      Os estrangeiros e mulheres maiores de 21 anos podiam participar livremente das decisões tomadas nas assembléias da cidade.

    • D. 

      Era erroneamente chamado de democrático, pois, negava a participação do povo da época no poder.

    • E. 

      A inexistência de escravos em Atenas levava a uma participação quase total da população na política da cidade.


  • 8. 
     Considerando o desenvolvimento do hilotismo e a estrutura militarista de Esparta, é correto afirmar que:
    • A. 

      As mulheres espartanas deveriam, segundo as regras do Estado, preparar-se fisíca e intelectualmente com vistas a gerar filhos saudáveis. Capazes de tornarem-se cidadãos ilustrados. Esses, seriam controlados pelo Estado durante toda a vida .

    • B. 

      O conjunto de cidadãos espartanos constituía-se numa minoria em relação ao total da sociedade e, em contra partida, as populações submetidas ao hilotismo eram muito mais numerosas. tal discrepância culminou por acentuar o belicismo espartano.

    • C. 

      O objetivo da totalidade dos esparciatas era a educação integral, ou seja, servir ao Estado significava a conciliação entre a formação física e militar e o crescimento intelectual. Nesse aspecto, Esparta diferenciou-se das demais cidades gregas.

    • D. 

      Em decorrência das restrições impostas pelos esparciatas com relação ao direito de cidadania, os periecos ficaram proibidos de integrar o exército , sendo também reduzidos à condição de hilotas.

    • E. 

      A educação espartana destinava-se à preparação do cidadão para a guerra. Todavia, em decorrência do reduzido número de cidadãos, periodicamente a cidadania espartana era concedida aos periecos, os quais assumiam posições de comando no exército.


  • 9. 
    “ Quando uma criança nascia, o pai não tinha o direito de criá-la, devia levá-la a lugar chamado Lasche. Lá assentavam-se os anciãos da tribo, eles examinavam o bebê. Se o achavam bem incorporado e robusto, eles o deixavam. Se era mal nascido e defeituoso, chocavam-no em um abismo ao pé do Taigeto. Julgavam que era melhor, para ele mesmo e para a cidade, não deixar viver um ente que, desde o nascimento, não estava destinado a ser forte e saudável...”  O texto acima se refere:  
    • A. 

      Ao sistema educacional desenvolvido pelo Nazismo na Alemanha baseado no ideal de pureza da raça.

    • B. 

      A um dos costumes desenvolvidos pela educação espartana, fundada numa excessiva preocupação com a perfeição física, decorrente do culto à Eugênia.

    • C. 

      A educação romana cujo principal objetivo era a formação dos soldados fortes e disciplinados para a defesa da sociedade.

    • D. 

      Ao cruel costume introduzido na Europa pelos Germanos, e que consistia no assassinado de crianças defeituosas.

    • E. 

      A educação imposta aos Hunos por Átila, que fazendo jus a fama de extrema crueldade, não admitia a presença de indivíduos defeituosos em sua tribo.


  • 10. 
     Na estratificação da sociedade ateniense, os eupátridas constituíam:  
    • A. 

      A aristocracia, compondo a camada dirigente possuidora das melhores terras.

    • B. 

      O campesinato, com direito a uma parte das terras.

    • C. 

      A plebe, que não dispunha de nenhum direito político.

    • D. 

      O segmento servil, que exercia o trabalho doméstico.

    • E. 

      A população escrava, reduzida a completa sujeição política e econômica.


Back to top

Removing ad is a premium feature

Upgrade and get a lot more done!
Take Another Quiz
We have sent an email with your new password.